sábado, 22 de abril de 2017

Pixilação 2

Tal como na última publicação que fiz deixo aqui mais um exemplo de uma animação em pixilação que vi e da qual gostei principalmente porque com atividades do dia a dia foi possível criar algo mágico.





Palheiro Estate promove concurso de fotografia

Participantes podem ser fotógrafos profissionais ou amadores.






Se é apaixonado por fotografia este é o encontro ideal para si. O Palheiro Estate irá desenvolver no próximo dia 29 de Abril, entre as 9 e as 13 horas, um evento fotográfico onde o objectivo passa por dar a conhecer os trabalhos de fotógrafos amadores e profissionais.

Em contrapartida à participação dos amantes de retratos, o Palheiro Estate abre as portas do seu amplo espaço a todos aqueles que de alguma forma queiram conhecer os cantos à casa.

De acordo com a organização, cada participante deve permitir ao Palheiro Estate, o acesso a uma base de dados, para que no futuro possam requisitar os seus serviços e recomendarem os trabalhos aos seus parceiros.

Cada fotógrafo terá de seleccionar 15 fotos, sendo que aceitam a cedência de apenas duas fotos com direitos ao Palheiro Estate, ficando a escolha ao critério do autor.

Quatro prémios em disputa

As duas fotos serão colocadas num passatempo na página de Facebook do Palheiro Estate, que atribuirá prémios aos 4 vencedores sorteados, sendo que os felizes contemplados serão anunciados nesta rede social entre 22 e 26 de Maio.

Uma estadia por uma noite na Casa Velha do Palheiro, com jantar para duas pessoas, um almoço para duas pessoas no Restaurante Clubhouse, uma aula de golfe para duas pessoas ou chá da tarde no Clubhouse e ainda uma massagem de 30 minutos no Palheiro Spa, são os prémios a que os participantes podem vir a ter direito.

Um concurso de actividades

Este desafio não é estático, muito pelo contrário. A organização programou um conjunto de actividades que visam os participantes a escolher qual o melhor ‘clique’ fotográfico.

Sendo assim, o itinerário inicia-se pelas 9 horas com as boas-vindas e um ‘snack’ no Tea House. Às 9h15 há espaço para um ‘Freestyle’ nos jardins do Palheiro, ao passo que pelas 10 horas procede-se a uma visita pelo Hotel Casa Velha, para que os participantes possam fotografar os quartos, o ‘spa’ e a piscina deste alojamento. Uma hora depois inicia-se um passeio pelo campo de golf e pelas 11h30 é vez de fotografar a varanda do Clubhouse. O encontro termina com um almoço de despedida.


Site Consultado (22/07/2017): http://www.dnoticias.pt/impressa/hemeroteca/diario-de-noticias/palheiro-estate-promove-concurso-de-fotografia-DA1266467





















OUTRAS NOTÍCIAS

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Pixilação

Deixo aqui um exemplo de animação em pixilação que gostei muito de ver.



Bastidores do filme Luminaris



Uma despedida emocionada dá prémio de fotografia ao açoriano Luís Godinho




Um grupo de crianças despede-se de uma missão da AMI que ajudou a reconstruir um centro hospitalar na aldeia de Parba, no Senegal. Os miúdos estão pendurados na janela do autocarro. Em primeiro plano ficou uma menina. Luís Godinho tenciona regressar à aldeia com fotos para todos



Os Sony World Photography Awards 2017 anunciaram os vencedores nacionais dos 66 países a concurso. O terceirense Luís Godinho ficou em primeiro lugar entre os portugueses com uma imagem feita no Senegal

Duas semanas intensas no Senegal cristalizadas numa fotografia. Com o olhar triste de uma menina no foco, outros meninos com ela pendurados na janela do autocarro, Luís Godinho ganhou o prémio nacional dos Sony World Photography Awards 2017. A fotografia chama-se "janela" mas o fotógrafo gosta da força que ela transmite. Tanta que quase não precisa de nome.

Luís Godinho: "A história da fotografia? Começo pelo princípio. Uma amiga minha trabalha no centro Porta Amiga da AMI e manifestou interesse em fazer uma missão no Senegal. Eu fiz um pedido especial para ir como fotógrafo. Paguei a minha viagem e fui".

Naquelas duas semanas os voluntários dedicaram-se à missão de recuperar um centro hospitalar na aldeia de Parba. Luís fotografou. A aldeia, o trabalho. E arranjou novos amigos. "As crianças ficavam fascinadas comigo. Depois daqueles dias em que estivemos todos juntos, a hora da despedida é sempre complicada. Eles queriam estar connosco o mais possível e penduraram-se na janela do autocarro". Ele registou. "Foi emocionante. Pessoas com um coração tão grande, com tão pouco e tanto para dar... é uma fotografia intensa..."

A sua ligação às pessoas que conheceu fica para sempre. No regresso, expôs as fotografias em Lisboa, em maio as imagens desta missão da AMI vão ser expostas na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo. "As fotos vão ser leiloadas e o dinheiro é para essa aldeia. Faço questão de lá ir levar todos os bens que o que o dinheiro angariado puder comprar. Vou também imprimir as fotos para lhes oferecer", conta.




A biblioteca de Estugarda, na Alemanha, deu a Luís Pina o segundo prémio

| LUÍS PINA




Talvez nessa altura Luís consiga saber o nome da menina que ficou no foco da fotografia vencedora.

Este é o primeiro prémio do concurso nacional dos prémios de fotografia Sony 2017. Em segundo lugar ficou Luís Pina, 27 anos, engenheiro, natural de Rio de Mouro, Sintra, a viver na Alemanha. A fotografia "Paraíso é uma biblioteca" regista a Biblioteca de Estugarda, naquele país. "Gosto desta biblioteca porque não é como nenhuma que conheça, quebra as regras", explicou à organização. Em terceiro lugar ficou Nuno Teixeira, engenheiro civil de 36 anos. A foto premiada mostra um homem que, num barco em Moçambique, "dava música a toda a gente". Estas imagens estarão em exposição em Londres, na Somerset House, de 21 de abril a 7 de maio. Os vencedores globais dos Sony World Photography Awards de 2017 serão anunciados a 20 de abril, em Londres. Foram selecionadas entre 105 mil fotografias a concurso.


O homem que dava música numa viagem de barco em Moçambique

| NUNO TEIXEIRA




Luís Godinho vai lá estar. Depois parte para uma das muitas viagens que tem programadas. Organiza viagens fotográficas de aventura (veio da Índia há poucas semanas), está a criar uma ONG para apoiar crianças em África. Quer "ajudar quem precisa através da arte" e ideias não lhe faltam. No verão está com a agenda ocupada a fotografar casamentos na Terceira. "As pessoas gostam muito, faço um trabalho diferente, mais fotojornalismo. E eu aproveito para ganhar dinheiro para as viagens e comprar material."



Site Consultado (21/4/2017): http://www.dn.pt/artes/interior/uma-despedida-emocionada-da-premio-de-fotografia-ao-acoriano-luis-godinho-5755471.html

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Projeto de pixilação do 3º período

Neste 3º período letivo estamos a retomar a temática do stop motion, no entanto estamos a focar-nos em criar uma animação com a técnica de pixilização que consiste em utilizar o corpo humano como principal elemento criando efeitos e magias fisicamente impossíveis de modo a formar ilusões.

Os trabalhos vão requerer o uso de três storyboards para que desta vez os créditos iniciais e finais tenham uma importância maior, com o objetivo de que cada uma dessas partes dure 10 segundos. Posteriormente serão captadas as fotografias previamente planeadas e que serão por sua vez, se necessário, editadas e para que exista realmente uma animação serão, com a ajuda de um editor de vídeo, unidas. 


Canon procura novos talentos

Abrem, hoje, as inscrições para a 40.ª edição da New Cosmos of Photography, competição que pretende premiar os melhores novos talentos do mundo da imagem. Qualquer pessoa, de qualquer nacionalidade, idade e percurso pode participar no concurso, submetendo os seus trabalhos para avaliação.


Para abarcar um número maior de artistas, a New Cosmos of Photography aceita, desde 2015, trabalhos digitais, tanto de fotografia como de vídeo. A Canon espera, assim, encorajar também à criação de novas formas de expressão.




As inscrições devem ser realizadas até 8 de Junho, estando a avaliação por parte dos jurados marcada para o mês seguinte. Nesta altura, vão ser seleccionados sete vencedores do Excellence Award e 14 vencedores do Honourable Mention Award. Só mais tarde, em Novembro, é que será escolhido o projecto merecedor do Grand Prize.


O grande vencedor receberá um prémio monetário de um milhão de ienes japoneses (cerca de 8.500 euros) e um produto Canon. O fotógrafo responsável pelo trabalho que conquistar o Grand Prize terá ainda a oportunidade de ver a sua obra exposta numa exibição a solo na cerimónia do próximo ano da New Cosmos of Photograpfy.

Filme Luminaris