sábado, 11 de março de 2017

Operadores em JavaScript

 JavaScript é uma linguagem que se baseia fortemente no cálculo de expressões (numéricas, booleanas ou de cadeias). Tomemos como exemplo a expressão numérica “4+5”: neste caso estamos perante uma soma entre dois números (4 e 5), a que se dão o nome de operandos, que é feita através do uso de um operador (aritmético): o sinal “+”.

 Existem três grandes tipos de operadores: operadores aritméticos, booleanos e de comparação.

 Operadores aritméticos são responsáveis por realizar operações aritméticas (de soma, divisão, subtração…) em valores numéricos. Os principais operadores aritméticos são: o operador “+”, que realiza uma soma, o operador “-“, que calcula a subtração entre dois valores, o operador “*”, que faz o produto entre os operandos, o operador “/”, que calcula o quociente entre os membros da expressão em questão e, finalmente o operador “%”, que indica o resto de um quociente efetuado.


 Para além disso, temos dois operadores aritméticos extras: os operadores “++” e “- -“ que adicionam ou subtraem (respetivamente) 1 unidade a um número.

 Operadores booleanos (ou lógicos) combinam dois ou mais valores booleanos e resultam em true or false. Os operadores lógicos são: “&&”, que significa “e”, e que apenas retorna o valor true se todos os membros da operação forem verdadeiros, “||”, que significa “ou”, e que retorna o valor true se pelo menos um membro da operação for verdadeiro, e, por fim temos o operador lógico “!”, que significa “não”, e que retorna o valor true, se a operação for falsa, e vice-versa. Um exemplo do uso de operadores booleanos é o seguinte: !((40 > 10) && (20 < 15)), que retornará o valor booleano true, apesar da condição ser falsa, pelo facto de estar a ser usado o operador booleano “!”. 



 Por fim temos os operadores de comparação que comparam dois valores, retornando também os valores true ou false. Os operadores de comparação são: “==”, que aponta para a igualdade entre dois valores, “!=”, que retorna o valor true caso não se verifique a igualdade entre dois valores, “>” e “<” que resultam no valor true caso o segundo operando seja inferior ou superior (respetivamente), em relação ao primeiro, e, também temos os operadores “>=” e “<=”, muito semelhantes aos dois anteriores, tendo como principal diferença o facto de também retornarem o valor true caso nos encontremos numa situação de igualdade de operandos (tal como com “==”).

 Por fim temos os operadores de comparação que comparam dois valores, retornando também os valores true ou false. Os operadores de comparação são: “==”, que aponta para a igualdade entre dois valores, “!=”, que retorna o valor true caso não se verifique a igualdade entre dois valores, “>” e “<” que resultam no valor true caso o segundo operando seja inferior ou superior (respetivamente), em relação ao primeiro, e, também temos os operadores “>=” e “<=”, muitos semelhantes aos dois anteriores, tendo como principal diferença o facto de também retornarem o valor true caso nos encontremos numa situação de igualdade de operandos (tal como com “==”).


 Finalmente temos dois operadores de comparação muito semelhantes aos dois primeiros apresentados, os operadores “===” e “!==”, que não só avaliam a igualdade entre ambos os membros da expressão, como também avaliam a igualdade entre os tipos de dados que os compõe (booleanos, cadeias ou números). Um exemplo do uso deste tipo de operadores é o seguinte: (12===”12”), que retornará false porque apesar de se registar uma igualdade entre ambos os operandos, o seu tipo de dados não é o mesmo (o primeiro é um número e o segundo uma cadeia), por outro lado, se tal comparação tivesse sido feita com o operador “==”, esta teria retornado true porque não teria sido feita a comparação entre tipos de dados.

 Para mais informações sobre operadores, nomeadamente uma lista detalhada sobre os mesmos, segue aqui um artigo da W3Schools: https://www.w3schools.com/js/js_examples.asp.

fontes: https://www.w3schools.com/js/js_examples.asp (consultado a 06/03/2017)
https://www.sololearn.com (consultado a 06/03/2017)

A importância dos fluxogramas e pseudo-código na programação

 Escrever código é um processo bastante complicado, e a sua dificuldade só aumenta com a complexidade do programa que estamos a tentar desenvolver. Desta forma, utilizamos fluxogramas e pseudo-código para demonstrar a lógica que cobre o nosso programa, partindo de esquemas lógicos que mostram pontos de decisão e ações (fluxograma), e de representações por escrito (em português) dessa mesma lógica, à qual chamamos de pseudo-código, passando-a então finalmente à linguagem JavaScript.


  Ao refletirmos sobre a lógica de um programa devemos começar por fazer um fluxograma, ou seja uma representação gráfica da mesma. No entanto, tratando-se de um processo padronizado é necessário termos em consideração algumas componentes gráficas e simbologias que o nosso esquema deve ter para que possa ser universalmente interpretável, representando cada uma, uma determinada ação.

 Para além disso podemos dividir fluxogramas em três grandes ordens de execução: sequencial, seleção ou repetição.

 Um fluxograma sequencial aponta para um esquema composto apenas por atividades, uma executada após a outra, da seguinte forma:


 Um fluxograma de seleção dá-se quando recorremos a bifurcações para explicitar a lógica do nosso programa, em que cada via conduzirá a um procedimento distinto, mediante as condições escolhidas.
Segue-se, então, um exemplo de fluxograma de seleção:



 Por fim, temos os fluxogramas de repetição cuja execução ocorre em ciclos de processamento de código até que se deixe de verificar uma condição. Este tipo de fluxograma pode também se denominar como fluxograma com teste à cabeça ou como fluxograma com teste à cauda. Num fluxograma de repitição com teste à cabeça (à esquerda) há a necessidade de tomar uma decisão com base num valor lógico de uma expressão, seguida de uma sequência de ações que serão continuadamente repetidas enquanto a expressão se mantiver verdadeira. Por outro lado, num fluxograma de repetição com teste à cauda (à direita), a sequência de ações que será repetida continuadamente é executada pelo menos uma vez, sendo declarada antes da expressão. Desta forma, seguem-se aqui dois exemplos de fluxogramas de repetição.


 Depois de fazermos um esquema gráfico da lógica do nosso programa, passamos então à sua representação por escrito que irá ser posteriormente adaptada ao código da linguagem que pretendemos usar. A este tipo de representação dá-se o nome de pseudo-código, que acaba por ser o intermédio entre código real de programação e texto descritivo do programa, ajudando-nos então a deduzir a maneira como o programa funcionará sem termos de desenvolver o código real. Um exemplo de um pseudo-código é o seguinte:


Para mais informações sobre pseudo-código e fluxogramas segue aqui um artigo publicado por Nick Walters relativo a este tema: https://pt.slideshare.net/nicky_walters/pseudocode-flowcharts.

(consultado a 11/03/2017)



Zero


Nesta narrativa de conto de fadas, o diretor e escritor, Christopher Kezelos, e a produtora, Christine Kezelos, contam a história de um casal ostracizado - ambos com a temida marca do número zero - e como a coragem e o amor podem conquistar tudo. Os bonecos foram feitos a partir do zero e construídos com armaduras de arame e silicone antes de serem meticulosamente envolvidos em fios.



sexta-feira, 10 de março de 2017

Magic Clay

O animador e escultor sueco, Alexander Unger, dirige um popular canal no YouTube onde partilha tutoriais de escultura e animação. Por vezes, partilha divertidas curtas-metragens que ligam experiências de animação pequenas e engenhosas como as que aqui vos deixo.



A Polaroid já tinha fotografias que se auto-destruíam antes do Snapchat existir

     Uma das grandes funcionalidades do Snapchat é que as fotos lá tiradas auto-destruíam após serem vistas, no entanto, a Polaroid já oferecia este tipo de função muito tempo antes do Snapchat existir.
     Essa linha de fotografias Polaroid chamava-se "Fade to Black", pois após um período de 24 horas, as fotografias tiradas com essa película escureciam de modo a que ficassem completamente negras. Era possível impedir que as fotografias escurecessem, retirando uma película na fotografia e secando os químicos.










Texto escrito por mim.

Fonte de informação: https://petapixel.com/2017/03/03/polaroid-self-destructing-pictures-long-snapchat/

A história de uma fotografia: terror na linha da frente em Mossul



"Ambos aos berros e aterrorizados, um pai e a filha pequena que levava ao colo fugiam pela rua coberta de destroços de Wadi Hajar, transformada em campo de batalha entre os os combatentes do Estado Islâmico e as forças especiais iraquianas". A descrição é do fotógrafo da Reuters Goran Tomasevic e serve de legenda à imagem que captou e está a correr o mundo, uma das muitas fotografias do desespero dos habitantes de Mossul, no Iraque, à medida que os combates avançam pela cidade.

Tomasevic passou os últimos dias com as forças iraquianas que tentam tomar a cidade aos extremistas do Estado Islâmico. Captou imagens de habitantes que fugiam do contra-ataque do ISIS, esquivando-se às balas à medida que os combatentes extremistas se aproximavam. Entre eles um pai em pânico, com a filha nos braços.

Alguns, quando chegavam à parte controlada pelo exército eram recebidos também com berros, que lhes ordenavam que levantassem as camisolas, para terem a certeza de que não eram bombistas suicidas - uma tática que tem sido usada pelos extremistas.

Mais de 57.000 civis abandonaram a parte ocidental de Mossul desde o início da ofensiva das forças iraquianas a esta zona da cidade, informou ontem o Ministério das Migrações iraquiano.


Consultado a 10 de Março de 2017

Como obter uma luminosidade fantástica para fotografia em casa

     O fotógrafo Tom Watts fez um vídeo de tutorial que mostra como é possível obter óptimos resultados de fotografia de produto em casa. O efeito ensinado neste tutorial proporciona às fotos um reflexo do objecto fotografado, com um fundo completamente negro, dando um grande impacto ao produto que se pretende mostrar.





Assista a esse tutorial aqui:

   




Texto escrito por mim.


O Google Photos vai passar a fazer White Balance automaticamente

     Apesar do Google Photos ser utilizado principalmente para armazenar fotografias, as ferramentas de edição de imagens automática desta aplicação estão cada vez melhores. Uma dessas ferramentas é o White Balance, que passou a ser uma ferramenta automática.
     Visto que esta funcionalidade não está incluída na câmara, apenas pode ser acedida na edição de imagens através do Google Photos, por isso, basta apenas transferir uma imagem para a plataforma e selecionar o filtro "Auto" e o Google irá automaticamente aplicar White Balance e optimizar a exposição e saturação da imagem.







Texto escrito por mim.

Fonte da informação:https://petapixel.com/2017/03/06/google-photos-will-now-automatically-white-balance-snapshots/

FotoJet o editor de imagens Prático e Gratuito

O FotoJet é um editor de imagens online bem completo, prático e que com poucos cliques é possível retocar fotos ou aprimorá-las com vários efeitos nativos, que podem dar à sua imagem um ar vintage ou até mesmo galático.
O programa permite também fazer montagens.

Tudo o que o usuário precisa de saber para usar o FotoJet é como ter acesso ao site do mesmo. Não é preciso criar uma conta ou realizar qualquer outra ação para utilizar o mesmo.





Consultei o seguinte site (visitar o mesmo para obter mais informações) no dia 8 de Março de 2017

Mostra Nacional de Banda Desenhada

A 2.ª Mostra Nacional de Banda Desenhada, que decorre de quinta-feira a domingo (09/03 a 12/03), leva a Coimbra oficinas, cinema relacionado com a BD, exposições focadas na "9.ª arte", autores, livreiros e editores, num evento que pretende continuar a crescer.
A mostra Coimbra BD, que se realiza na Casa Municipal da Cultura, vai contar com oficinas de desenho, tertúlias com pessoas da área, exposições, sessões de autógrafos com autores, jogos de tabuleiro, curtas-metragens e um desfile de `cosplayers` (pessoas que se vestem e fantasiam de personagens ficcionais). "O desafio está a tornar-se tradição", comentou o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, durante a apresentação da Coimbra BD, considerando que o município decidiu fazer um investimento de 6.000 euros para garantir que a edição de 2017 "seja melhor do que a do ano passado".
Aquilo que começou por "uma coisa de teste" pretende agora ganhar escala, afirmou, mostrando-se satisfeito com os "resultados obtidos" em 2016, numa edição que terá contado com 4.000 participantes. Na Casa da Cultura, estarão também várias exposições dedicadas à banda desenhada, como é o caso de uma dedicada a artistas portugueses no mercado americano e outra do brasileiro André Diniz intitulada "Entre a Reportagem e a Literatura Desenhada".

Consultei este site no dia 09/03/2017


quinta-feira, 9 de março de 2017

Vogue acusada de usar Photoshop na capa de março



“O que aconteceu à mão de Gigi Hadid?” A pergunta surgiu em diferentes meios de comunicação assim que a Vogue norte-americana partilhou a sua mais recente capa. A edição de março da revista tinha como intenção celebrar todos os tipos de beleza, mas a publicação acabou por ser acusada, pelos leitores, de usar Photoshop.

Na capa de março figura um conjunto de jovens mulheres abraçadas umas às outras numa praia, entre elas Gigi Hadid e Ashley Graham, a modelo plus size que está a revolucionar a indústria da moda e que, neste caso, está no centro da polémica: além de ser a única mulher com a mão sobre a perna, à volta da sua cintura está a mão de Hadid que, na fotografia, parece anormalmente mais longa. A alegada discriminação parece óbvia e esta é a pergunta que muitos fazem: será que a Vogue manipulou a imagem para que Graham parecesse mais magra? Não esquecer que a revista de março tem como mote a diversidade da beleza feminina.


Consultado a 9 de março de 2017

Monitores a carregar…

O diretor Rafael Vangelis transforma a tarefa insuportável de assistir a uma roda de fiar infinitamente ou a uma barra de carregamento num estudo divertido e analógico de mecanismos de carregamento na sua última curta-metragem Analog Loaders. Usando técnicas de stop motion e animação tradicional, transforma argila, madeira, objetos 3D-impressos e até ovos em carregadores 3D, deslumbrando os olhos em vez de enfurecer a mente.

Vangelis considera a curta-metragem uma autobiografia animada, pois gasta um grande pedaço de sua própria vida assistindo a projetos que carregam muito lentamente e a computadores a falhar constantemente. "O resultado", diz Vangelis, "é uma homenagem a todo o tempo perdido que passamos coletivamente no limbo digital, na esperança de um súbito desenvolvimento no nosso monitor".


Impressionantes fotografias tiradas com drones


As 19 fotografias mais impressionantes do mundo tiradas com drones.

O 2016 SkyPixel Contest elegeu as melhores imagens aéreas tiradas com drones.

Em parceria com a DJI, empresa tecnológica chinesa, a comunidade SkyPixel abriu uma competição, a nível mundial, que durante dois meses permitiu aos participantes concorrerem com fotografias aéreas tiradas com drones.

AS 19 FOTOGRAFIAS CONSIDERADAS AS MAIS INCRIVEIS DO MUNDO PELA SKYPIXEL.



Fotografia Vencedora do Concurso





















Consultei o seguinte site no dia 7 de Março de 2017

Neogama cria campanha em stop motion para a Renault



A Renault estreou campanha desenvolvida em linguagem stop motion para divulgar a tecnologia de ponta e a eficiência da nova linha de motores 1.0 e 1.6 SCe (Smart Control Efficiency), que equipa a linha 2017 da montadora. A nova comunicação da marca foi feita pela agência Neogama e apresentada na última semana.

De acordo com a montadora, a campanha 100% digital é mais um capítulo da estratégia iniciada na campanha de varejo, divulgada na primeira semana de 2017. Estrelada pelo ator Bruno Gagliasso, a ação que foi ao ar em janeiro pretendia dar ao consumidor “novos motivos para ter um Renault”.



Para a nova comunicação, foram produzidos seis filmes. A produção dos vídeos utilizou recurso de maquetes para criar microcenários, onde são apresentados as inovações e os benefícios ao cliente dos novos motores que, segundo a marca, estão até 10% mais potentes, até 21% mais econômicos e ganharam selo ‘A’ do Inmetro pelo baixo consumo de combustível.

Todos os vídeos da ação podem ser conferidos por meio do canal da marca no Youtube. A Renault aproveita a nova comunicação para dar destaque a outra tecnologia da nova linha de motores: a função Stop&Start. A marca explica que o “adereço” desliga o motor automaticamente em semáforo ou outras paradas para aumentar a economia de combustível.

Outra inovação demonstrada nos vídeos da ação foi inspirada no know-how que, de acordo com a montadora, foi adquirido pela Renault com experiência nas pistas da Fórmula 1: o sistema Energy Smart Management (ESM) de regeneração de energia, que aproveita a desaceleração do carro para enviar carga à bateria do veículo, reduzindo o consumo de combustível e a emissão de CO².

Acompanhe o making of da campanha da Renault desenvolvida pela Neogama.






Site consultado


Data 07/03/2017

quarta-feira, 8 de março de 2017

‘Stop motion’ geográfico prolonga experiência checa na Madeira e Porto Santo



Este é o segundo episódio do vídeo dos ‘Skafex Bros’ partilhado há seis dias. Este é um projecto que teve início há cerca de um mês pelas mãos de dois amigos checos, Jakub Skalnik e Ondrej Fukan, este último fazendo acompanhar-se pela namorada na viagem até à Madeira. A estadia destes turistas na Região prolongou-se durante 8 dias.

Neste segundo episódio, o mentor deste canal fundado na plataforma digital Youtube diz não haver preferência entre a Madeira e o Porto Santo, indicando as diferenças entre estes dois destinos insulares. “Se quiseres umas férias activas e cheias de aventura escolhe a Madeira, mas se queres relaxar e passar todo o dia numa praia de areia a beber ‘cocktails’, o Porto Santo será o mais adequado”, afirmou Ondrej Fukan, que preferiu escolher o seu alojamento de férias na freguesia dos Prazeres, por ser um local “pacífico e longe das grandes multidões”.

O turista checo é o narrador deste vídeo em ‘stop-motion’ tendo visitado a Região com a família no ano passado, decidindo agora viajar na companhia do amigo e da namorada com o projecto já em mente. “Decidi fazer este vídeo com um mapa para ajudar os turistas a saber onde ir quando visitarem a Madeira”, confidenciou Ondrej, que agradeceu em nome do seu paladar à boa comida que aqui se faz e produz. “A espada preta, as frutas exóticas ou o bolo do caco, toda as comidas eram deliciosas”, elogiou.

Este é um projecto a longo termo pois todos os envolvidos são estudantes e “não existe muito tempo ou dinheiro”, embora Ondrej revele querer dar o seu melhor. “O objectivo principal é que todos possamos fazer parte disto. Quando alguém indica algum sítio interessante para visitar nós vamos e realizamos um vídeo”, finalizou o turista proveniente da República Checa.




Consultado a 03 de Março de 2017


Cidade Pequena

A família, a morte e a passagem do tempo são temas universais, comuns, que ligam as pessoas. É isto que Diogo Costa Amarante filme em "Cidade Pequena", filme premiado com o Urso de Ouro no Festival de Berlim.A curta conta a história de Frederico, sobrinho do realizador, e as aprendizagens escolares sobre o corpo humano e a consciência da mortalidade, sendo que se transforma numa abordagem autobiográfica de Diogo Costa Amarante.
O realizador situa-se entre a ficção e autobiografia, apresentando uma perspetiva real com imagens que são manipuladas.
Consultei este site no dia 08/03/2017

Stop motion da Madeira


Dois jovens oriundos da República Checa publicaram na última quarta-feira, na plataforma online Youtube, o primeiro episódio do que intitulam por ‘Aventura na Madeira’. O vídeo começa com um alerta para as famosas dificuldades de aterragem no Aeroporto da Madeira.Os jovens escolheram a freguesia dos Prazeres como local para permanecer na ilha e, ao longo da curta-metragem, apresentam a geografia da nossa região e a rota que decidiram traçar de forma original, nomeadamente em ‘stop motion’.
Neste primeiro episódio os jovens checos visitam e mostram imagens de locais como Ponta do Pargo, Jardim do Mar e Funchal, mas o sítio que fascina um dos jovens é um dos pontos mais altos da ilha, o Pico do Areeiro. Nas suas palavras “foi um dos melhores dias da sua vida”, enquanto filma-se acima das nuvens.

Como criar dupla exposição de fotos no Photoshop?

Este vídeo explica como se fazem as fotos de dupla exposição que dão um pouco mais de alegria e excentricidade ao nosso instagram/facebook.

Consultei este site no dia 08/03/2017

Photoshop na capa da Vogue

Ashley Graham está a quebrar barreiras na moda com o seu corpo mais avantajado o que não é normal entre as super modelos. Está pela primeira vez na capa da edição americana da Vogue, ao lado de outras seis modelos, a promover a diversidade da beleza feminina. Mas a autenticidade da fotografia de capa está a ser questionada nas redes sociais, uma vez que o braço e a mão de Gigi Hadid (ao centro) parecem ter sido esticados no Photoshop de modo a cobrirem a cintura de Ashley (a segunda a contar da esquerda). Deixo a capa da revista em baixo para tirarem as vossas próprias conclusões.
Consultei este site no dia 3/03/2017

"Photoshop Online"

Se você deseja editar alguma foto, não há melhor programa para fazer isso do que o Photoshop. No entanto, o programa não é barato e a instalação é um pouco demorada. Se estiver sem vontade de gastar dinheiro ou tempo, é melhor usar as “versões online” do programa. Apelidadas de “Photoshop online”, algumas aplicações disponíveis diretamente em sites permitem a edição de imagens sem precisar instalar qualquer programa. Apesar do design semelhante, as ferramentas atendem por outros nomes, como Pixlr Editor e ToolPic, por exemplo.
Apesar de a ideia ser boa, você vai encontrar bastante dificuldade em usá-la para edições mais complexas. Será impossível acionar alguma função que é aberta com o apertar do botão direito do rato, por exemplo.Já para quem quer fazer ajustes simples na cor, contraste e brilho, o método funciona bastante bem. É também uma ótima forma de inserir textos e escurecer alguma parte das fotos.

Consultei este site no dia 07/03/2017

Sorry, I'm late

Um vídeo de stop motion que considero bastante criativo.

Partilho-o convosco!




Photoshop Online

Se tem o desejo de editar as suas fotos, sem dúvida que o Photoshop é o melhor programa para o fazer.
No entanto nem todos temos possibilidade de ter o programa e como tal, pode sempre utilizar as "versões online" do programa.

Essas tais "versões" tem o nome de "Photoshop online", algumas aplicações disponíveis diretamente em sites permitem a edição de imagens sem precisar de instalar qualquer programa, apesar do design semelhante, as ferramentas são intituladas com diferentes nomes.

Uma boa solução, mas apenas para algumas situações. Caso queira fazer edições mais complexas será mais difícil utilizar o programa. Mas para fazer ajustes de cor, contraste e brilho, esta solução resulta bastante bem.






Links de apoio:
link 1
link 2
link 3





Consultei o seguinte site no dia 7 de Março de 2017 

Festival de Animação da Cidade do Cabo anuncia ambições globais para a indústria africana



A sexta edição do Cape Town Intl. O Festival de Animação (CTIAF) começa na sexta-feira, 3 de março, na África do Sul, com o país anfitrião oferecendo uma mostra de três dias de alguns dos melhores toons e animadores de todo o mundo.


Junto com as exibições e uma lista completa de workshops e eventos profissionais, o festival espera destacar a crescente força da indústria sul-africana, incluindo entre os destaques da programação a estréia em África de "Revolting Rhymes", a segunda colaboração entre o Reino Unido Magic Light Pictures, nomeado para o Oscar, e Triggerfish Animation Studios, da África do Sul.


Ao chegar aos saltos de sua estréia no último Natal da BBC One, os pontos especiais animados para uma indústria que já "deu o próximo passo" no cenário global, diz a diretora de festas Dianne Makings.


Os animadores sul-africanos têm desfrutado de um crescente reconhecimento no exterior. No ano passado, no Aeroporto Internacional de Annecy, Festival de Cinema de Animação, o país saiu com uma série de honras, incluindo o prestigiado prêmio Cristal para a melhor produção de TV para Triggerfish e Magic Light da colaboração de 2015, "Stick Man." Enquanto isso, a francesa Folimage e África do Sul Bugbox Animation anunciou a primeira animação co -produção entre os dois países, "Musi & Cuco."


De acordo com Makings, o sucesso da indústria em Annecy "deu a todos a confiança de saber que podemos competir", acrescentando, "e não só que podemos competir: podemos vencer".


Aumentar a capacidade é agora o maior desafio para os animadores sul-africanos ansiosos por estabelecer um pipeline de projetos de grande escala. Com um programa de indústria robusto no festival deste ano, os organizadores em Cape Town estão convidando alguns dos principais nomes da animação global "para nos ajudar com a discussão de como criar um negócio sustentável", diz Makings.


Os convidados especiais incluirão Farnaz Esnaashari-Charmatz, criador de Nickelodeon "Shimmer e Shine"; Produtor Ivan Rouveure do francês Les Armateurs; Shuzo John Shiota, presidente e CEO da Japan's Polygon Pictures; E Firdaus Kharas, o célebre humanitário e fundador da premiada casa de produção do Canadá, Chocolate Moose Media.


A Toon Boom, empresa de software de animação com sede em Montreal, também oferecerá uma classe avançada para selecionar participantes.


Enquanto a lista do festival reflete as ambições globais dos bizzers locais, muitos animadores sul-africanos estão tão ansiosos para alcançar seus vizinhos em todo o continente, com o país se posicionando cada vez mais como uma ponte entre os animadores africanos eo resto do mundo.


Há dois anos, a Triggerfish lançou uma ambiciosa iniciativa pan-africana, o Story Lab, com o apoio do Departamento de Comércio e Indústria da África do Sul e da Walt Disney Co., que arrecadou quatro projetos atualmente negociando acordos internacionais. No outono passado, Turner uniu forças com a indústria corporativa Animation SA para ajudar a encontrar e promover o talento do continente.


O último esforço vem na forma da Rede Africana de Animação, que Nick Wilson, presidente cessante do comitê de missões de exportação da Animação SA, descreve como "uma plataforma aberta para profissionais de animação africana", que ajudará as indústrias de animação em todo o continente a desenvolver habilidades , Aumentar a capacidade, procurar oportunidades de investimento e encontrar formas de atingir novos públicos.


A rede já anunciou um grande sucesso com o lançamento de uma plataforma de VOD móvel que oferece o melhor da animação africana através de um acordo exclusivo com a MTN, a maior operadora de telefonia celular da África. Na sexta-feira na Cidade do Cabo, Veronique Encrenaz, chefe de projetos especiais em Annecy, confirmou o apoio do festival à rede até 2018.


Impulsionado pelo que ele descreve como "investimento significativo" na animação em todo o continente, como o anúncio no último outono que Toon Boom vai treinar 3.000 animadores na Nigéria, Wilson vê um futuro brilhante para uma indústria entrando em seu próprio país.




Data: 08/03/2017

terça-feira, 7 de março de 2017

Buddy Thunderstruck a nova comédia em stop-motion

A Netflix divulgou o primeiro trailer de Buddy Thunderstruck, sua nova comédia stop-motion pelos criadores de Frango Robô e Ursinhos Carinhosos - vê abaixo:



O série acompanhará um cachorro que disputa corridas de caminhão numa cidade obcecada por carros e acrobacias. Todos os episódios de Buddy Thunderstruck ficam disponíveis a partir de 10 de março.

Data da consulta: 07.03.2017

F/nazca estreia campanha stopmotion para D&AD

Assinada pela F/Nazca Saatchi & Saatchi, a campanha “Every Pixel Counts” ganha reforço essa semana com a estreia de um filme, seis spots e vídeos para as redes sociais do D&AD. As novas peças dão sequência a série de pôsteres e evidenciam, como movimento e voz, a importância do craft e dos pequenos detalhes na criação de uma obra-prima.

As animações produzidas pela Piloto, tem direção de cena de Daniel Soro | Alexandre Chalabi. Segundo eles, “buscamos entrar nesse universo e dar movimento aos pôsteres através de uma “Jóia-pixel”, usando peças de acrílico. Criamos as cenas em motion, no computador, tentando encontrar padrões gráficos em movimento, e as repetimos manualmente na mesa de animação, formando um balé de Pixels. Fabricamos mais de 500 peças de acrílico, que foram cuidadosamente iluminadas e fotografadas frame a frame. Foram sete diárias no estúdio, mais de 840 fotos clicadas, e para a animação e composição, cada Pixel de cada frame do filme foi separado, tratado e colorido individualmente, chegando a mais de 14.000 máscaras”.





Data da consulta: 07.03.2017

Ruben Leaves

Deixou o forno ligado? Esqueceu-se de trancar a porta da frente? Já todos nós tivemos estes pensamentos quando saimos de casa e não nos lembramos de completar essa tarefa final e importante para o nosso bem estar mental. Frederic Siegel torna esta experiência telatável e universal e desenvolve-a numa narrativa fascinante e original com seu filme de 5 minutos Ruben Leaves.

Inspirado pelas próprias experiências de Siegel e de alguns membros da sua família, parece que tudo o que precisou foi um incidente particular para iluminar o fusível criativo deste cineasta e inspirar esta animação de 5 minutos. "Todos temos essas compulsões estranhas e obsessivas", diz Siegel, "como, logo depois de sair de casa, precisamos voltar atrás, para verificar se a porta da frente está realmente trancada. Um dia, quando eu tive que voltar a pé, a ideia de transformar esse hábito num projeto para a faculdade iluminou-me como um relâmpago ".

Criado ao longo de um período de 8 meses com Siegel e alguns colegas produzindo a maioria da animação em TVPaint e After Effects. Na verdade, o que o animador criou é um curta metragem surpreendentemente cativante em que o assunto nos mantém a assistir ao enredo.



BUTTERFLY INCHWORM ANIMATION II



Butterfly Inchworm Animation II é uma aplicação para a 3DS, que nos permite criar animações de raiz ou para vídeos que tenhamos gravado. Acaba por ser uma sequela ao Inchworm Animation da Nintendo DSi.

A finalidade desta aplicação é puramente para criar animações.





O tutorial em si, é constituído por uma série de páginas que apenas se limita a falar no básico de cada opção, sem grandes instruções de como transitar entre as opções e qual a ligação entre elas.

 A aplicação sugere que o utilizador já tenha conhecimentos básicos de edição de vídeo, nomeadamente trabalhar em layers, ter conhecimento de frame rates e frame blending.




Temos ao nosso dispor várias ferramentas, que se limitam a pincéis diferentes. Podemos alterar várias características de cada um, desde espessuras, cores, comportamentos, fluidez, entre muitos outros, e de certa forma é-nos demonstrado o resultado das nossas animações. O problema acaba por voltar ao mesmo: conseguir fazer as animações. Uma excelente implementação é o Onionskin, para quem quer criar animações de raiz, permitindo ver um pouco da frame anterior, ajudando a manter a coerência da animação




No que toca à composição de animações, o menu das layers peca por ser extremamente pequeno, o que nos faz estar constantemente a navegar para cima e para baixo, pois o limite máximo é cinco layers visíveis no ecrã. A utilização das mesmas é capaz de ser das poucas coisas que a aplicação tem que é user friendly, mas obviamente o utilizador terá de saber trabalhar com layers, em antemão.

Para navegar ao longo das animações, temos os botões L e R para avançar frame a frame, ou podemos ir ao menu das layers, onde encontramos uma timeline para navegar.

Relativamente a audio, podemos adicionar faixas aos nossos clips, ou até mesmo aproveitar algo que tenhamos gravado. Pouco mais que isto.

Concluindo o pouco que se pode falar de Butterfly Inchworm Animation II, é uma aplicação para criação de animações, sejam elas de raiz ou por cima de vídeos gravados. É extremamente limitado nas suas opções, mas pior ainda extremamente confuso. Com a oportunidade de ser uma aplicação em que um publico alvo mais jovem poderia pegar e ter uma pequena introdução a animação 2D, acaba por ser algo feito para quem tem conhecimento na matéria, e não apresentando nada de novo. Pessoalmente se quiserem ser introduzidos a animação 2D com desenho, ficariam melhor servidos com o Flipnote Studio 3D, também para a 3DS, que acaba por ser mais user friendly.

Data: 07/03/2017

segunda-feira, 6 de março de 2017

Black Holes

blackholes_kickstarter_news.gifUma das coisas que mais nos atrai na animação é a sua capacidade de fazer magia a partir de enredos sem sentido, realmente palermas. Black Holes foi selecionado para o festival Sundance deste ano. Temos a história de um astronauta ridiculamente vestido, o seu proctologista e um melão sensível e estilista, trabalhando todos para o objetivo de se alcançar Marte. 
A utilização de animação 3D não é comum neste tipo de animação incrivelmente intrincada.

Televisão iraniana "veste" Charlize Theron e Anousheh Ansari com Photoshop



O resultado foi um momento de televisão bizarro que, no Facebook, já recebeu o Oscar para "melhor censura"...

Coube à engenheira iraniano-americana Anousheh Ansari aceitar o prémio para Melhor Filme Estrangeiro em nome do realizador Asghar Farhadi, que não apareceu na 89ª cerimónia de entrega dos Oscars em protesto contra as leis anti-imigração defendidas pelo Presidente dos EUA, Donald Trump. A estatueta dourada foi entregue pelas atrizes norte-americanas Charlize Theron e Shirley MacLaine.

Os decotes de Charlize Theron e e Anousheh Ansari não cairam bem à Iranian Labor News Agency (ILNA), que resolveu o assunto digitalmente, assim:


Em declarações ao The New York Times, Masih Alinejad, que fez o upload das imagens da televisão para o Facebook e é uma voz proeminente contra o uso compulsório do véu no Irão, classificou como "absurdo" o ponto a que a ILNA vai para manter os corpos das mulheres cobertos.

Na mesma rede social, a página My Stealthy Freedom ofereceu à televisão estatal iraniana o Oscar para "melhor censura".

Data da consulta: 06.03.2017

domingo, 5 de março de 2017

Baterias com 3x mais potência criadas por uma empresa portuguesa

O segmento das baterias é atualmente uma das áreas  onde mais investigação se faz. A indústria procura alternativas viáveis para as tradicionais baterias de iões de lítio (Li-ion), que são amplamente usadas em dispositivos electrónicos, onde se incluem os smartphones, tablets, etc.

Agora, o criador das baterias de iões de lítio, em colaboração com uma investigadora portuguesa, diz ter criado uma alternativa bem melhor.
Exemplo de bateria de iões de lítio
Para quem não sabe, John B. Goodenough foi o grande inventor das baterias de iões de lítio. Com 95 anos, o professor da Universidade do Texas, em colaboração com a sua equipa, criou uma alternativa (real) às tradicionais baterias. Estas novas baterias garantem uma maior autonomia (cerca de 3x), permitem fast-charging, não são combustíveis o que garante uma maior segurança ao nível dos incêndios e explosões.

Esta alternativa define-se como sendo uma bateria no estado sólido, que utiliza electrólitos cristalizados que permitem o uso de um ânodo alcalino-metálico.
As baterias tradicionais têm um ânodo, um eléctrodo através do qual a carga elétrica positiva flui para o interior de um dispositivo elétrico polarizado. Têm também um cátodo, que faz com que a corrente (convencional) flua de forma inversa, ou seja, para o exterior do dispositivo.

A alteração de um eletrólito líquido por um sólido evita, por exemplo, que se criem dendrites (um estilo de filamentos de lítio) que são commumente encontrados em baterias recarregáveis ​​de lítio e que se acumulam ao longo do tempo, levando à deterioração da bateria e também a que haja curto circuitos.

Data: 05/03/2017
Fonte: https://pplware.sapo.pt/informacao/baterias-3x-capacidade-criadas-portuguesa/

Lua

Lua é uma linguagem de script de multiparadigma, pequena, reflexiva e leve, projetada para expandir aplicações em geral, por ser uma linguagem extensível (que une partes de um programa feitas em mais de uma linguagem), para prototipagem e para ser embarcada em softwares complexos, como jogos. Assemelha-se com Python, Ruby e Icon, entre outras.

Lua-logo-nolabel.svgLua foi criada por um time de desenvolvedores do Tecgraf da PUC-Rio, a princípio, para ser usada em um projeto da Petrobras. Devido à sua eficiência, clareza e facilidade de aprendizado, passou a ser usada em diversos ramos da programação, como no desenvolvimento de jogos (a Blizzard Entertainment, por exemplo, usou a linguagem no jogo World of Warcraft), controle de robôs, processamento de texto, etc. Também é frequentemente usada como uma linguagem de propósito geral.


Lua combina programação procedural com poderosas construções para descrição de dados, baseadas em tabelas associativas e semântica extensível. É tipada dinamicamente, interpretada a partir de bytecodes, e tem gerenciamento automático de memória com coleta de lixo. Essas características fazem de Lua uma linguagem ideal para configuração, automação (scripting) e prototipagem rápida.

Javascript - Operadores

Os operadores vão nos permitir fazer operações matemáticas, de comparação e lógicas.

Operadores aritméticos

Para as operações matemáticas básicas são utilizados os seguintes, adição(+), subtração(-), multiplicação(*) e divisão(/).
//Adição
2+2 //4
2.3+4 //6.3
1.5+1.5 //3
 
//Subtração
2-2 //0
8-5 //-8
3.2-1 //2.2
 
//Multiplicação
2*3 //6
1.5*2 //3
 
//Divisão
1/2 //0.5
1.5/2 //0.75
2/0 // Infinito

 Operadores de comparação


1=='1' //retorna verdadeiro se 1 for igual a 1
4!=1 //retorna verdadeiro se 4 for diferente de 1
2>1 //retorna verdadeiro se 2 for maior que 1
1<=2 //retorna verdadeiro se 1 for menor ou igual a 2

Data: 05/03/2017
Fonte: http://tableless.github.io/iniciantes/manual/js/operadores.html
 
 
 

'Photoshop online' é boa opção para quem não possui o programa



Se queres editar alguma foto, não há melhor programa para fazer isso do que o Photoshop. No entanto, o programa não é barato e a instalação é um pouco demorada. Se estiveres sem vontade de gastar dinheiro ou tempo, é melhor usar as “versões online” do programa.

Apelidadas de “Photoshop online”, algumas aplicações disponíveis diretamente em sites permitem a edição de imagens sem precisar de instalar qualquer programa. Apesar do design semelhante, as ferramentas atendem por outros nomes, como Pixlr Editor e ToolPic.

Apesar de a ideia ser boa, a aplicação serve apenas como um quebra galho. Vais encontrar bastante dificuldade em usá-la para edições mais complexas. Será impossível acionar alguma função que é aberta ao apertar o botão direito do rato, por exemplo.

Já para quem quer fazer ajustes simples na cor, contraste e brilho, o método funciona bastante bem. É também uma ótima forma de inserir textos e escurecer alguma parte das fotos. 



Data da consulta: 05.03.2017

NOVO TRAILER DA ANIMAÇÃO ‘CARROS 3’

O terceiro filme da saga de animação da Disney Pixar, o longa metragem ‘Carros 3‘ teve o seu novo trailer divulgado. Confire o vídeo abaixo:




Brian Fee, diretor do primeiro e do segundo filme da franquia, também é o responsável pelo terceiro filme, que conta com as vozes de Owen Wilson e Jason Pace no original.


‘Carros 3‘ chega nos cinemas, do Brasil, no dia 13 de julho de 2017.

Sinopse

Surpreendido por uma nova geração de corredores incrivelmente rápidos, o lendário Relâmpago McQueen é repentinamente afastado do desporto que ama. Para voltar com tudo às corridas, ele precisará da ajuda de uma determinada jovem treinadora de corridas, Cruz Ramirez. Com o seu plano para vencer, mais a inspiração do Fabuloso Doc Hudson e alguns acontecimentos inesperados, eles partem para a maior aventura das suas vidas. E o teste final do campeão será na maior prova da Copa Pistão!


Data da consulta: 05.03.2017


Monstra-Festival de Animação de Lisboa tem Itália como país convidado

Itália é o país convidado da edição deste ano do Monstra - Festival de Animação de Lisboa, que decorre de 16 a 26 de março e terá 264 filmes em competição, anunciou o diretor da iniciativa.





A "presença de Itália" no Monstra inclui 80 curtas-metragens, oito `longas`, quatro exposições, duas sessões de `live digital painting` (pintura digital ao vivo), dois `workshops` e quatro `masterclasses`, referiu Fernando Galrito, na conferência de imprensa de apresentação do festival, hoje, em Lisboa.


Esta presença inclui uma retrospetiva dedicada a Pinóquio, a decorrer na Cinemateca Portuguesa, que começa com o filme de 1940 de Walt Disney, que adapta "As aventuras de Pinóquio" do escritor italiano Carlo Collodi, e termina com a versão de Enzo d`Aló, de 2012.

O festival inclui também uma retrospetiva de "grandes realizadores italianos", durante a qual serão exibidos filmes de, entre outros, Bruno Bozzetto, Enzo d`Aló, Simone Massi e Gianluigi Toccafondo, e uma homenagem aos realizadores russos Fyodor Khitruk e Eduard Nazarov.

Em competição estarão 264 filmes e, destes, 57 na secção Curtas Internacionais, 75 na Curtas de Estudantes, 48 na Curtíssimas, seis na Longas e 65 na Curtas Portuguesas.



Data: 05.03.2017

Javascript: valores primitivos



No Javascript as variáveis podem armazenar três tipos de valores primitivos ou primários diferentes: valores boleanos, cadeias de caracteres e valores numéricos.

As cadeias de caracteres são usadas para representar texto em Javascript e devem ser sempre delimitadas por aspas duplas ( " ) ou simples ( ' ).

ex. var nome = "Sofia";

O JavaScript fornece sequências de escape para incluir em cadeias de caracteres caracteres especiais que não podem ser digitados diretamente.

Algumas das mais frequentemente utilizadas são:




ex. var nome = "Intitularam-nos de \"Vikings do Norte\"";


Os valores numéricos não são delimitados por aspas.

ex. var preço = 12;
    var preço = 3.99;


Os valores boleanos também não são delimitados por aspas e só podem assumir dois valores: true ou false.

ex. var x = true;

Oracle afirma que Java EE 8 será lançado em julho deste ano







Nesta semana, a Oracle afirmou que finalmente vai lançar o Java Enterprise Edition 8 em julho de 2017 – com oito meses de atraso.
O Java EE 8 deveria ter aparecido no JavaOne 2016, em setembro, mas, após um hiato no desenvolvimento do software, o lançamento foi empurrado para o primeiro semestre de 2017.
Agora, a líder da Oracle para o Java EE 8, Linda DeMichiel, estabeleceu uma nova meta e revelou que um public review do EE 8 será lançado em maio ou abril, com o beta final chegando em junho.
Para o site The Register, a atualização provavelmente virá como um alívio para os desenvolvedores que usam o Java. A linguagem vem melhorando graças aos esforços da comunidade, mas a maioria dos engenheiros que trabalha no código do Java ainda é da Oracle.
Todo esse atraso teve início quando a equipe de desenvolvimento da Oracle inexplicavelmente se ausentou em 2016, sem permissão, provavelmente devido a um mal-entendido entre os engenheiros de software, que se dedicaram a trabalhar na nuvem própria da empresa.



Fonte: https://imasters.com.br/noticia/oracle-afirma-que-java-ee-8-sera-lancado-em-julho-deste-ano/

Sinapse artificial pode ser a chave para mecanismo que imita cérebro humano





Se está no universo da computação que imita o cérebro humano, é certo que gostaria de replicar o comportamento gerado por esse órgão. E agora alguns pesquisadores conseguiram isso. Eles desenvolveram uma sinapse artificial que imita o cérebro humano, tanto aprendendo quanto lembrando sempre que sinais elétricos se cruzam – a maioria das tentativas anteriores só conseguia gerenciar uma ação de cada vez. Basta descarregar e recarregar a sinapse em tensões específicas para programá-la, e ela promete ser muito mais eficiente do que as abordagens convencionais do setor.
O hardware foi construído a partir de dois filmes flexíveis cujos terminais são ligados por um eletrólito de água salgada. Ele se comporta como um transistor, com um terminal regulando a eletricidade que flui entre dois outros. Embora não seja exatamente natural, ele é em grande parte feito de carbono e hidrogênio, e deve ser compatível com a química de um cérebro real – as tensões são realmente as mesmas que passam por neurônios reais.




Fonte: https://imasters.com.br/noticia/sinapse-artificial-pode-ser-chave-para-computacao-que-imita-cerebro-humano/