sábado, 21 de janeiro de 2017

Como criar um design recetivo para WebSites

 Um WebDesign recetivo (ou "responsive" em inglês) é, ao fim e ao cabo, um design que permite a adaptação da nossa página web consoante o tamanho do ecrã utilizado para a visualizar. Isto é, um design recetivo deve, tendo em consideração o tamanho do ecrã utilizado, adaptar o conteúdo em questão ao tamanho do display, permitindo que a experiência num ecrã do smartphone seja tão boa como num monitor, havendo poucas distorções de texto.


Desta forma, em vez de usarmos valores em pixeis de largura (em CSS), altura e margem para elementos, devemos procurar antes atribuir valores em percentagem aos mesmos elementos para que estes ocupem, ao invés de uma quantidade de pixeis pré-definida, apenas uma percentagem estabelecida de todos os pixeis disponíveis pelo dispositivo que estamos a usar.
 Para além disso, podemos atribuir diferentes valores percentuais dependendo dos pixeis disponibilizados pelo nosso dispositivo através da seguinte tag (em CSS): @media screen and (max-width: Zpx) - sendo Z o número de pixeis máximos pré-definidos.
 Para os mais interessados segue aqui um tutorial em vídeo bastante detalhado que explica todas as vertentes de um site com um design recetivo:



Conceito de Display em CSS

 Uma das componentes mais importantes em CSS, juntamente com Float ou Clear, é o conceito de Display.
 Display é talvez a ferramenta mais importante para gerir o layout de uma página pois afeta a maneira como os elementos selecionados nos é apresentada.
 Podemos então atribuir 3 valores de display a um elemento: o valor de display:inline, o valor de display:block e o valor de display:inline-block. Caso entendamos estes 3 valores conseguimos utilizar da melhor forma esta componente.


 Ao atribuirmos a um elemento o valor de display:inline, isto significará que ele fica na mesma linha, tendo um efeito semelhante ao do uso da tag <span></span> em HTML. É atribuído por padrão esta característica quer a imagens, quer a texto. Para além disso quaisquer alterações a nível da margem (por exemplo) que atribuamos a elementos "inline", apenas terão efeito horizontalmente. Não sofrendo também quaisquer mudanças caso alteremos quer a largura, quer a altura do elemento em questão.
 Por sua vez o valor de display:block (atribuído automaticamente a divisões) tem um efeito parecido ao da tag <p></p> em HTML. Isto é ao atribuirmos a um elemento esta característica,  este criará uma espécie de parágrafo de forma a isolar o elemento selecionado do restante conteúdo. É de ter em consideração que, num elemento "block" todas as alterações a nível de padding, margem, altura... terão efeito.
 Por fim, o valor display:inline-block acaba por juntar as características de elementos inline, mantendo o elemento selecionado alinhado com o resto do corpo, permitindo também que se altere esteticamente a nível vertical, por exemplo, a margem ocupada ou a altura do elemento. Revelando-se assim, apesar de ser usado em menos casos, bastante útil.
  Para os mais curiosos, segue aqui um pequeno vídeo explicativo feito pelo utilizador LearnWebCode que explica de forma rápida o conceito de display em CSS:




Vencedor do prémio de melhor WebSite de 2016

 Foi finalmente revelado o vencedor do prémio anual de melhor WebSite atribuído pela CSSDesignsAwards (CSSDA).
 Foram submetidos 2338 trabalhos de todos os cantos do mundo que, ao longo de 2016, foram avaliados por mais de uma centena jurados, dos quais 7 possuem nacionalidade portuguesa.
 O grupo de jurados era constituído por CEO's de sedes de grandes gigantes empresariais como a Apple e por diretores criativos reconhecidos. Quanto aos critérios de seleção, foram tidos em conta quer a criatividade do WebSite, quer a maneira de como este se encontrava programada.

No final, acabou por ganhar o WebSite desenhado pela agência francesa 84.Paris para celebrar os 10 anos de existência do estúdio de gravação de música francês "Because Music", que ao longo da sua carreira foram responsáveis pela gravação dos álbuns de grupos como Metronomy ou Justice.
 O WebSite, intitulado de BecauseRecollection, celebra a primeira década do estúdio fazendo, de uma forma bastante criativa, uma compilação dos maiores êxitos de cada grupo que com eles trabalhou no passado. Apresentando cada música de uma forma bastante criativa. O link para o WebSite vencedor é o seguinte: http://www.because-recollection.com/

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Wes Anderson announces new stop-motion movie, Isle of Dogs



Wes Anderson is making a stop-motion animated movie about dogs on an island called Isle of Dogs. He made the announcement today in a YouTube video, where he also announced his partnership with the funding platform CrowdRise. Through CrowdRise, Anderson is hosting a raffle, from which one winner will be chosen to voice a dog in the movie.

Each raffle ticket entry is $10, and all proceeds from the raffle will go toward Martin Scorsese’s Film Foundation, which works to restore old movies. “Movies don’t last forever,” Anderson says in the video. “Sometimes they have to be brought back from the dead.”

There’s a very, very brief, very sneaky, sneak preview of Edward Norton’s dog character in the clip as well.

Isle of Dogs will star Bryan Cranston, Bill Murray, Jeff Goldblum, Scarlett Johannson, Tilda Swinton, Kunichi Nomura, Yoko Ono, Greta Gerwig, Liev Schreiber, Edward Norton, and more.




Consultado a 20-01-2016

Stop Motion com Origami

Ross Symons é uma artista profissional de Origami e decidiu filmar um filme em stopmotion evidenciando as suas capacidades com o manuseamento e moldagem do papel.

Já é possível criar animações em stop motion com apenas uma aplicação para Android

     A técnica de animação Stop Motion consiste basicamente na captura de imagens de objectos ou de pessoas em várias posições de modo a criar uma sequência que simule movimento.

     Agora já existe uma aplicação para Android, Motion, que realiza todo o processo da junção das imagens e da criação do video, de forma a que o utilizador apenas tenha que movimentar o objecto principal da animação e capturar as imagens. Para além desta funcionalidade, é possível criar filmes em Time-Lapse, definindo um intervalo de tempo entre os disparos da câmara, de modo a criar um video.

     Este tipo de ferramentas já existia em plataformas como PC, Mac, e, no caso da criação de videos em Time-Lapse, no Iphone. No entanto, ter estas ferramentas disponíveis para Android torna esta técnica de animação mais acessível ao público geral. A simplicidade e qualidade desta aplicação torna-a numa excelente ferramenta para aqueles que se estão a iniciar em vídeos Stop-Motion, ou para aqueles que procuram criar este tipo de vídeos apenas como um hobby.























Texto escrito por mim.


5 tipos de animação

Quais os diferentes tipos de animação?

  • Traditional animation;
  • 2D Vector based animation;
  • 3D computer animation;
  • Motion graphics;
  • Stop motion.


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Animações humurísticas em Stop Motion para a campanha de uma marca de Tequila Mexicana


Bent Image Lab create humorous Day of the Dead stop-motion animations, 
Artigo de

Início da "Era de Ouro" da Walt Disney

Tudo começou com a dominância de Walt Disney em toda a década de 1930, por meio de animações revolucionárias: Silly Symphonies, Mickey Mouse e Pato Donald; A ascensão da Warner Bros. e da MGM; Fleischer Studios lança e o lançamento de Betty Boop e Popeye.


Mas podemos afirmar que a "Era de Ouro" do cinema de animação americano, teve o seu auge com a produção e exibição, no grande ecrã, do clássico conto de fadas "A Branca de Neve e os Sete Anões".
Snow White and the Seven Dwarfs, é um filme estadunidense de animação, dos gêneros musical romance e aventura lançado em 1937. É o primeiro longa-metragem de animação da Disney e é baseado no conto de fadas "Branca de Neve", dos Irmãos Grimm.


Branca de Neve e os Sete Anões foi o primeiro longa-metragem de animação produzido nos Estados Unidos, o primeiro totalmente a cores no mundo, o primeiro a ser produzido por Walt Disney e o primeiro filme dos considerados Clássicos Disney.

Estreou-se no Carthay Circle Theatre em 21 de dezembro de 1937, seguido pelo seu lançamento nacional em 4 de fevereiro de 1938, e arrecadou 8 milhões de dólares em bilheterias ao redor do mundo. Na época, foi brevemente a maior bilheteria de um filme sonoro.

A Walt Disney recebeu um Óscar honorário e a animação foi indicada ao Óscar de melhor banda sonora. Branca de Neve foi selecionado para preservação no National Film Registry pela Biblioteca do Congresso em 1989 por ser "culturalmente, historicamente e esteticamente importante". Foi classificado na lista dos melhores filmes estadunidenses segundo o American Film Institute, que também o nomeou como o maior filme de animação americana de todos os tempos em 2008. 

Branca de Neve e os sete anões teve um enorme impacto cultural, marcando o inicio das animações nos cinemas.






Sites consultados:

19.01.2017

Stop motion : Pixilação

Existem diferentes tipos de stop motion e a Pixilação é um desses tipos de animação.

A Pixilação é uma técnica de stop motion onde é utilizada a figura humana ou objetos reais para criar a animação, neste tipo de stop motion podemos criar uma animação com simplesmente qualquer objeto que tenhamos em casa.
Este tipo de animação é utilizado frequentemente em animações com lego, bonecos e claro pessoas.

Depois de ter explorado este tema decidi escolher alguns exemplos utilizando este tipo de animação:











Texto da minha autoria com ajuda de recursos retirados dos apontamentos das aulas de OMB e apoio dos vídeos do youtube.

O que é um Storyboard?



Storyboard é uma série de ilustrações ou imagens arranjadas em sequência com o propósito de pré-visualizar um filme ou animação, como que um organizador gráfico de desenhos. Seu layout gráfico é bastante semelhante ao de uma história de banda desenhada.

A criação do storyboard é atribuída a um dos primeiros cineastas, o francês Georges Méliès (1861-1938). O processo de storyboarding, no formato em que é conhecido atualmente, foi desenvolvido por Webb Smith do Walt Disney Studios durante o começo da década de 1930, depois de anos de utilização de processos semelhantes em outros estúdios de animação.

Abaixo encontra-se um storyboard do filme "Código da Vinci



Animação premiada 'Ma vie de Courgette' no festival Monstra Lisboa



Ma vie de Courgette', produção franco-suíça premiada em Annecy, e nomeada para os Globos de Ouro, está integrada na programação da Monstrinha, a secção de filmes da Monstra destinada a escolas, pais e filhos, e fará parte também da competição de longas-metragens.
PUB
O festival Monstra decorrerá de 16 a 26 de março, concentrado no cinema São Jorge, e conta anualmente com uma programação destinada aos mais pequenos ou em contexto familiar. Este ano a Monstrinha integra mais de cem filmes, entre curtas e longas-metragens.
Além de 'Ma vie de Courgette', sobre um rapaz que tenta sobreviver sozinho depois da morte da mãe, o Monstrinha terá ainda filmes como 'Molly Monster', de Ted Sieger, Michael Ekblad e Matthias Bruhn, estreado este ano em Berlim, 'Stickman', de Jeroen Jasper e Daniel Snaddon, e 'Cloudberry', Polina Minchenok.
As longas-metragens norueguesas 'Louis e Luca -- A Grande Corrida do Queijo', de Rasmus Sivertsen, e 'Dois amigos e um texugo', co-realizada com Rune Spaans, também foram selecionadas.

Com Itália como país em destaque, sabe-se que na Monstrinha serão mostrados, por exemplo, 'L'italiana in Algeri', 'La gazza ladra' e 'Pulcinella', todos de Emanuele Luzzati e Giulio Giannini, 'Calimero' e 'La Pimpa', de Francesco Tullio Altan.

Serão mostrados ainda filmes da escola italiana CSC Animazione e curtas-metragens selecionadas em parceria com a Festa do Cinema Italiano.

O programa da Monstrinha reparte-se por vários painéis, consoante a idade das crianças - dos três aos 13 anos -, para escolas e com sessões pensadas para pais e filhos (como por exemplo, curtas-metragens para crianças até aos três anos).




Consultado a 19 de Janeiro de 2017

Nintendo Switch

A Nintendo Switch será a sua primeira consola a não contar com um cabo proprietário para recarregamento de bateria. Em vez de uma solução criada pela própria empresa, a fabricante vai adotar o padrão USB-C para a sua nova consola, permitindo que os usuários utilizem não apenas os cabos fornecidos pela própria companhia, mas também carregadores de outros aparelhos como telemóveis e notebooks.

Apesar de ter mudado o padrão para um mais abrangente, entretanto, a Nintendo ainda mantém restritas as opções dentro da caixa da Nintendo Switch. Quem desejar fazer uso de soluções móveis de energia poderá comprar fontes da própria empresa separadamente, ou então, utilizar soluções de terceiros.

Resultado de imagem para nintendo switch




fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2017/01/nintendo-switch-vai-funcionar-com-cabo-padrao-usb-c.html

História do HTML



Tim Berners-Lee (físico britânico) criou o HTML original (e outros protocolos associados como o HTTP) em uma estação NeXTcube usando o ambiente de desenvolvimento NeXTSTEP. Na época a linguagem não era uma especificação, mas uma coleção de ferramentas para resolver um problema de Tim: a comunicação e disseminação das pesquisas entre ele e seu grupo de colegas. Sua solução, combinada com a então emergente internet pública (que tornar-se-ia a Internet) ganhou atenção mundial. As primeiras versões do HTML foram definidas com regras sintáticas flexíveis, o que ajudou aqueles sem familiaridade com a publicação na Web. Através do tempo, a utilização de ferramentas para autoria de HTML aumentou, assim como a tendência em tornar a sintaxe cada vez mais rígida. Apesar disso, por questões históricas (retrocompatibilidade), os navegadores ainda hoje conseguem interpretar páginas web que estão longe de ser um código HTML válido.

A linguagem foi definida em especificações formais na década de 1990, inspiradas nas propostas originais de Tim Berners-Lee em criar uma linguagem baseada em SGML para a Internet. A primeira publicação foi esboçada por Berners-Lee e Dan Connolly, e publicada em 1993 na IETF como uma aplicação formal para o SGML (com uma DTD em SGML definindo a gramática). A IETF criou um grupo de trabalho para o HTML no ano seguinte, e publicou o HTML 2.0 em 1995. Desde 1996, as especificações HTML vêm sendo mantidas, com o auxílio de fabricantes de software, pela World Wide Web Consortium (W3C). Apesar disso, em 2000 a linguagem tornou-se também uma norma internacional (ISO/IEC 15445:2000). A última especificação HTML lançada pela W3C foi a recomendação HTML 4.01, publicada no final de 1999. Uma errata ainda foi lançada em 2001.

Resultado de imagem para html



fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/HTML

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

NOVIDADE NO YOUTUBE! AGORA EXISTE UM CHAT





A Google lançou hoje um novo recurso no YouTube que deixou a plataforma um pouco mais social. O serviço agora conta com uma área chamada “Shared videos” na qual os usuários podem compartilhar vídeos com amigos e familiares individualmente ou em grupos. Nesse mesmo espaço, as pessoas podem conversar umas com as outras, como se o YouTube agora fosse um app de mensagens instantâneas, bem ao estilo WhatsApp.

Essa novidade está limitada por enquanto aos usuários do YouTube no Canadá (Android e iOS), e outros países terão que esperar um pouco para receber o recurso. Contudo, se você conhece alguém que mora no país mais ao norte das Américas, dá para pedir para ele ou ela mandar um vídeo compartilhado para você através dessa nova seção. Com isso, a novidade ficará ativa na sua conta, e será possível “ir ativando isso para seus amigos” conforme você usa a guia.

Ainda não temos um nome oficial em português para a novidade, mas é provável que ela se chame “Compartilhados” e seja alocada junto com o botão de compartilhar já existente nas páginas de vídeos do YouTube. Veja como isso vai funcionar.

É realmente interessante ver como a Google está tentando usar o conteúdo da sua plataforma de vídeos para fazer os usuários interagirem entre si e passagem mais tempo no app, especialmente agora que WhatsApp e companhia são cada vez mais importantes nos celulares das pessoas. Mesmo com isso, ainda será possível enviar links normais para outras plataformas que não o “mensageiro do YouTube”, como sempre foi.



Não temos por enquanto uma previsão para quando isso chegará definitivamente ao Brasil ou a qualquer outra parte do mundo, mas parece que a Google escolheu o Canadá para o lançamento porque o país é o que mais compartilha vídeos do YouTube globalmente.

A impressão a 3D também tem uso em animação Stop Motion

     Com as novas tecnologias que surgem nos tempos que correm, faria sentido que as aplicassem em situações e processos com o intuito de os modernizar. Neste caso a impressão em 3D e a animação Stop Motion quase que parece que foram dois processos destinados a fundir-se.

     Esta fusão pode-se observar no filme "Kubo and the Two Strings", pois para a construção de certos modelos e peças foi utilizada uma impressora em 3D, em vez do tradicional barro esculpido. Posto isto, a mudança de expressões era feita através do encaixe e troca de peças ao longo das "filmagens" e não através da manipulação do barro.

     Para este filme foram feitas com a impressora 3D 23,187 caras, 11,007 posições da boca e 4,429 posições de sobrancelhas apenas para o modelo de Kubo, o protagonista. Em suma é possível criar 48 milhões expressões faciais diferentes com estas peças.



Kubo, com algumas das suas faces impressas em 3D










Texto escrito por mim.

The Broxtrolls



Quanto tempo demora a fazer um filme de animação stop motion?
O curto vídeo abaixo demonstra-o. Trata-se de uma curta cena extra que apareceu durante os créditos finais do filme de 2014 "The Boxtrolls".


Este pequeno vídeo começa com uma cena normal do filme. No entanto, a câmara começa a fazer zoom out, transformando o vídeo num time lapse dos bastidores que mostra como o filme foi feito.


A perspectiva mais ampla permite-nos ver o conjunto da mesa com o cenário e a figura fantasmagórica do animador - alguém que faz ajustes extremamente minuciosos nas personagens para cada fotografia, de modo a dar vida a este mundo em miniatura.

Para se confirmar quão longo e entediante é o processo, basta prestar atenção à roupa do animador. Será possível verificar que usa algumas roupas diferentes durante a criação deste pequeno vídeo de 40 segundos.







Fonte

Hyperloop quer ligar toda a Europa e a primeira paragem é na República Checa

 A Hyperloop Transportation Technologies (HTT) está determinada em avançar com a concretização dos seus planos para construir linhas de transporte de alta velocidade em todo o mundo e já tem acordos celebrados com Bratislava, Praga e Abu Dhabi. Melbourne também é uma hipótese.

 

As ligações de alta velocidade, potenciadas pelo conceito do transporte futurista idealizado por Elon Musk, estão cada vez mais perto de se concretizar.

Desta vez é a Hyperloop Transportation Technologies a dar novidades nesse sentido. Embora o desenvolvimento do seu produto esteja uns passos atrás da maior concorrente, a Hyperloop One, a empresa continua a apostar na concretização dos seus planos para a instalação das suas linhas de transporte a nível global.

Esta quarta-feira, a HTT anunciou a assinatura de um acordo para explorar a construção de uma possível ligação entre a Eslováquia e a República Checa. Já estava garantida uma parceria com a cidade de Bratislava, mas a expansão dos planos ao país vizinho podem agora representar um novo desafio para a empresa que pondera assim construir uma travessia até Praga, capital checa.

Fora de fronteiras europeias, a HTT diz ainda ter celebrado um acordo com Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e estar em conversações com a cidade australiana de Melbourne.

"Agora que resolvemos todos os nossos problemas técnicos, é crucial que comecemos a colaborar com os governos", escreveu o CEO, Dirk Ahlborn em comunicado.

Data: 18/01/2017
Fonte: http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/artigo/hyperloop_quer_ligar_toda_a_europa_e_a_primeira_paragem_e_na_republica_checa-50310kan.html

Robôs da Google aprendem a comunicar secretamente entre si

 Robôs-Google-aprendem-a-falar -secretamente- entre-siOs pesquisadores do Google Brain (a divisão de inteligência artificial da empresa) criaram três softwares-robôs, que foram batizados de Alice, Bob e Eve e tinham missões definidas: Alice deveria mandar uma mensagem criptografada para Bob, que deveria ser capaz de decodificá-la – driblando a espionagem de Eve, cujo objetivo era interceptar e ler a mensagem. Só que nenhum deles foi ensinado a fazer nada disso.


Usando técnicas de rede neural (tipo de inteligência artificial em que o robô aprende sozinho, por tentativa e erro, a executar uma determinada tarefa), Alice e Bob desenvolveram seu próprio método de criptografia e se comunicaram de forma totalmente confidencial, sem que Eve pudesse decodificar as informações. Pela primeira vez na história, duas entidades de inteligência artificial conseguiram criar, sozinhas, um meio para se comunicar de forma secreta.

É um avanço extraordinário – que também pode soar preocupante. Máquinas inteligentes conversando secretamente entre si mesmas, sem que a humanidade possa saber o que estão tramando, daria um belo roteiro para uma distopia de ficção científica. Mas, na vida real, não precisa ser assim. Primeiro, porque máquinas inteligentes não irão evoluir, necessariamente, contra a humanidade. Segundo, porque basta projetar os sistemas de inteligência artificial com salvaguardas, ou seja, mecanismos de segurança que sempre permitam intervenção humana nas máquinas. Mesmo que essa intervenção seja a mais banal de todas: desligá-las da tomada.

Data: 18/01/2017
Fonte: http://seitudo.com.br/superlidas-robos-do-google-aprendem-a-se-comunicar-secretamente-entre-si/

O que é a animação em pixilation?

Pixilation é uma forma de animação em stop motion em que atores vivos são animados, em vez de figuras de barro ou plasticina ,cartão ou plástico. O nome desta técnica deriva das criaturas mitológicas "pixies", visto que os atores parecem se mexer por de fatores externos algo místicos.

O princípio desta técnica é  mover os atores passo a passo em frente a uma câmara , disparando frame por frame. Depois utilizam -se as imagens tiradas em sequência no computador para criar a animação.

Esta técnica recua até aos primórdios da história da animação. O pioneiro Norman McLaren criou o curto filme em animação "Neighbours" utilizando a técnica da pixilation, fazendo voar as personagens no ar sem a ajuda de  ecrãs verdes ou equipamento sofisticado.

Em suma, a pixilation foi o início dos efeitos especiais em filmes de animação.


Consultei este site: http://www.the-flying-animator.com/pixilation.html
No dia 18/01/2017

Wes Anderson anuncia animação em stop-motion

Wes Anderson anunciou o seu novo filme, Isle of Dogs, uma animação stop-motion sobre cachorros estrelada por Edward Norton.

Além de Norton, estão no elenco Bill Murray, Jeff Goldblum, Bill Balaban, Bryan Cranston, Scarlett Johansson, Greta Gerwig, Murray Abraham, Harvey Keitel, Frances McDormand, Yoko Ono e os atores japoneses Kunichi Nomura, Akira Ito, Akira Takayama e Koyu Rankin.


Stop motion : Cut-outs

No mundo da animação encontramos diversas técnicas de stop motion. 
Neste post venho explicar a técnica dos cut-outs, neste tipo de stop motion são utilizados pedaços de cartolina, papel ou cartão de forma a criar personagens e cenários para a nossa animação.

Podemos também ver a utilização desta técnica através de post its.


Alguns exemplos da utilização desta técnica em animações:











Texto da minha autoria com recurso aos apontamentos das aulas de OMB e vídeos do youtube.

COUPLE ANNOUNCES PREGNANCY WITH CUTE STOP-MOTION TIME-LAPSE

When the Alps family announced the arrival of baby number 2, they put together a cute time-lapse and even got their toddler in on the fun.

The family, who lives in Latvia, worked together to make the cute stop-motion video over the course of the pregnancy. Time passes quickly as the mom's belly grows and the little girl plays around the room. They even go on a trip to the beach. The video ends with the family popping a balloon to reveal the new baby.

This is not the first stop-motion pregnancy time-lapse video for the Alps family. They made a similar video for their first child in 2013 that now has almost 3 million views.


consultado a 18-01-2016


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Navicat

Navicat é uma série de software de gerenciamento e desenvolvimento de banco de dados gráficos produzido pela PremiumSoft CyberTech Ltd. para MySQL, MariaDB, Oracle, SQLite, PostgreSQL e Microsoft SQL Server. Ele tem uma interface gráfica de usuário tipo Explorer e suporta múltiplas conexões de banco de dados para bancos de dados locais e remotos.

Seu design é feito para atender as necessidades de uma variedade de públicos, desde administradores de banco de dados e programadores a várias empresas / empresas que atendem clientes e compartilham informações com parceiros.

Data: 17/01/2017
Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Navicat

WinSCP

WinSCP (Windows Secure CoPy) é um SFTP livre e de código aberto, SCP e FTP clientes para Microsoft Windows. Sua principal função é a transferência segura de arquivos entre um local e um computador remoto. Além disso, WinSCP oferece básico gerenciador de arquivos e funcionalidade de sincronização de arquivos. Para transferências seguras, utiliza Secure Shell(SSH) e suporta o protocolo SCP, além de SFTP. Recebeu 5 de 5 estrelas do CNET avaliado por editores, e é classificado como 2 em popularidade na categoria software de FTP.










Desenvolvimento de WinSCP começou por volta de maio de 2000 e continua. Originalmente foi hospedado pela Universidade de Economia de Praga, onde o autor trabalhava na época. Desde 16 de julho de 2003, está licenciado sob a GNU GPL e hospedado no SourceForge.net.

WinSCP é baseado na implementação do protocolo SSH para PuTTY e protocolo FTP para FileZilla. Ele também está disponível como um plugin para dois gerenciadores de arquivos, FAR e Altap Salamander.

Data: 17/01/2017
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/WinSCP

This Stop-Motion Animated Film Looks as Beautiful as It Does Heartbreaking




Last year was filled with lots of fantastic animated films, but when the Oscar nominations come out, we’ll be very surprised if My Life as a Zucchini isn’t among them. Not many people outside of its native Switzerland have heard of it yet, but the stop-motion animated film will open in the U.S. next month, and you can see the first, achingly sad trailer here.


Directed by Claude Barras, the film is about a young boy who loses his mother and has to go to an orphanage. It’s already been nominated for the Best Animated Film Golden Globe (which went to Zootopia) and is eligible for multiple Academy Awards, including Best Animated Film, as well as Best Foreign Language film, as Switzerland chose this movie to represent their entireoutput in 2016. That’s pretty special.



When it’s released in the U.S., the English-language dub will feature the voices of Will Forte, Nick Offerman, Ellen Page, and Amy Sedaris. For a list of theaters and more, visit the official site.


Consultado a 17-01-2016

História do FileZilla



FileZilla começou como um projeto de estudo em ciência da computação por Tim Kosse e dois colegas na segunda semana de janeiro de 2001.

Antes de começarem a programar, discutiram a respeito de qual licença utilizar para o programa.

Decidiram fazer do FileZilla um projeto de software livre, devido a disponibilidade de diversos clientes FTP e por não acreditar que venderiam uma única cópia do programa caso tornassem o projeto comercial.[1]

Uma versão alpha foi lançada no final de fevereiro de 2001 e todos os inicialmente planejados foram implementados na versão beta 2.1.

A partir da versão 3 – reescrita por completo – foi adicionado suporte a outros sistemas operacionais além do Windows, incluindo GNU/Linux e Mac OS X.

História do Javascript



JavaScript foi originalmente desenvolvido por Brendan Eich quando trabalhou na Netscape sob o nome de Mocha, posteriormente teve seu nome mudado para LiveScript e por fim JavaScript. LiveScript foi o nome oficial da linguagem quando foi lançada pela primeira vez na versão beta do navegador Netscape 2.0 em setembro de 1995, mas teve seu nome mudado em um anúncio conjunto com a Sun Microsystems em dezembro de 1995 quando foi implementado no navegador Netscape versão 2.0B3.

A mudança de nome de LiveScript para JavaScript coincidiu com a época em que a Netscape adicionou suporte à tecnologia Java em seu navegador (Applets). A escolha final do nome causou confusão dando a impressão de que a linguagem foi baseada em java, sendo que tal escolha foi caracterizada por muitos como uma estratégia de marketing da Netscape para aproveitar a popularidade do recém-lançado Java.

JavaScript rapidamente adquiriu ampla aceitação como linguagem de script client-side de páginas web. Como consequência, a Microsoft desenvolveu um dialeto compatível com a linguagem de nome JScript para evitar problemas de marca registrada. JScript adicionou novos métodos para consertar métodos do JavaScript relacionados a data que apresentavam problemas[carece de fontes]. JScript foi incluído no Internet Explorer 3.0, liberado em Agosto de 1996. JavaScript e Jscript são tão similares que os dois termos são comumente usados de forma intercambiável. A Microsoft entretanto declara muitas características nas quais JScript não conforma com a especificação ECMA.

Em novembro de 1996 a Netscape anunciou que tinha submetido JavaScript para Ecma internacional como candidato a padrão industrial e o trabalho subsequente resultou na versão padronizada chamada ECMAScript.

JavaScript tem se transformado na linguagem de programação mais popular da web. Inicialmente, no entanto, muitos profissionais denegriram a linguagem pois ela tinha como alvo principal o público leigo. Com o advento do Ajax, JavaScript teve sua popularidade de volta e recebeu mais atenção profissional. O resultado foi a proliferação de frameworks e bibliotecas, práticas de programação melhoradas e o aumento no uso do JavaScript fora do ambiente de navegadores, bem como o uso de plataformas de JavaScript server-side.[4]

Em janeiro de 2009 o projeto CommonJS foi fundado com o objetivo de especificar uma biblioteca padrão para desenvolvimento JavaScript fora do navegador.

História do Html



Tim Berners-Lee (físico britânico) criou o HTML original (e outros protocolos associados como o HTTP) em uma estação NeXTcube usando o ambiente de desenvolvimento NeXTSTEP. Na época a linguagem não era uma especificação, mas uma coleção de ferramentas para resolver um problema de Tim: a comunicação e disseminação das pesquisas entre ele e seu grupo de colegas. Sua solução, combinada com a então emergente internet pública (que tornar-se-ia a Internet) ganhou atenção mundial. As primeiras versões do HTML foram definidas com regras sintáticas flexíveis, o que ajudou aqueles sem familiaridade com a publicação na Web. Através do tempo, a utilização de ferramentas para autoria de HTML aumentou, assim como a tendência em tornar a sintaxe cada vez mais rígida. Apesar disso, por questões históricas (retrocompatibilidade), os navegadores ainda hoje conseguem interpretar páginas web que estão longe de ser um código HTML válido.

A linguagem foi definida em especificações formais na década de 1990, inspiradas nas propostas originais de Tim Berners-Lee em criar uma linguagem baseada em SGML para a Internet. A primeira publicação foi esboçada por Berners-Lee e Dan Connolly, e publicada em 1993 na IETF como uma aplicação formal para o SGML (com uma DTD em SGML definindo a gramática). A IETF criou um grupo de trabalho para o HTML no ano seguinte, e publicou o HTML 2.0 em 1995. Desde 1996, as especificações HTML vêm sendo mantidas, com o auxílio de fabricantes de software, pela World Wide Web Consortium (W3C). Apesar disso, em 2000 a linguagem tornou-se também uma norma internacional (ISO/IEC 15445:2000). A última especificação HTML lançada pela W3C foi a recomendação HTML 4.01, publicada no final de 1999. Uma errata ainda foi lançada em 2001.

Desde a publicação do HTML 3.5 no final de 1997, o grupo de trabalho da W3C tem cada vez mais — e de 2002 a 2006, de forma exclusiva — focado no desenvolvimento do XHTML, uma especificação HTML baseada em XML que é considerada pela W3C como um sucessor do HTML.[2][3][4] O XHTML faz uso de uma sintaxe mais rigorosa e menos ambígua para tornar o HTML mais simples de ser processado e estendido.

Em janeiro de 2008 a W3C publicou a especificação do HTML5, a próxima versão do HTML, como Working Draft. Apesar de sua sintaxe ser semelhante a de SGML, o HTML5 abandonou qualquer tentativa de ser uma aplicação SGML e, definiu explicitamente sua própria serialização "html", além de uma alternativa baseada em XML, o XHTML5.

Sledgehammer

Apesar de já não estar na lista de vídeos preferidos de muitos amantes de música, o vídeo que Peter Gabriel lançou em 1986 para Sledgehammer foi um enorme sucesso. Ganhou nove prémios da MTV Music Awards em 1987, um total que continua por ultrapassar, e é também o vídeo mais vezes passado na história deste canal. A utilização de claymation, pixilação e stopmotion foram considerados como vanguarda na altura. Uma das duas empresas responsáveis pela sua criação, Aardman Animations, criou posteriormente Wallace and Gromit.

Trata-se de um vídeo que na altura foi considerado como revolucionário e, claro, divertido. Eis alguns factos sobre o vídeo:

- Foi o vídeo de música mais passado pela MTV;

- Recebeu nove prémio, incluindo o de vídeo do ano. Trata-se do maior número de prémios que um single pode ganhar;

- Foi nomeado para três Grammys;

- O vídeo recorre a animação claymation, pixilação e stopmotion;

- A empresa Aardman Animation, criadores de Wallace & Gromit e Shaun The Sheep, esteve envolvida na produção do vídeo;

- Durante as filmagens, Peter Gabriel permaneceu debaixo de um vidro durante mais de dezasseis horas;

- No Reino Unido o single vendeu mais de duzentas e cinquenta mil cópias (um quarto de milhão);

- Peter Gabriel acredita que se não fosse o vídeo, a canção não teria tido tanto sucesso




Time lapse mostra Pequim a ser "engolida" pela poluição


Em apenas 20 minutos, condensados em pouco mais de 10 segundos neste vídeo que se tornou viral, a capital chinesa fica irreconhecível devido a uma nuvem de poluição


Chas Pope, que criou o vídeo e o partilhou nas redes sociais, explica na legenda no YouTube que a filmagem foi feita no dia 2 de janeiro, segunda-feira, ao longo de 20 minutos, em Pequim.

Os 12 segundos de time-lapse, que o utilizador intitulou "O Apocalipse de Pequim" foram captados a partir de um ponto alto da cidade e mostram uma nuvem densa de poluição a encobrir tudo.

Vinte e cinco cidades do norte, centro e leste da China foram colocadas esta terça-feira em alerta vermelho - o mais elevado -devido à poluição.

No total, 72 cidades chinesas têm em vigor algum tipo de alerta por poluição atmosférica.

A região de Pequim-Tianjin-Hebei, no nordeste, estendeu o seu alerta até à noite de sábado, conforme anunciou o Ministério de Proteção Ambiental. Em alguns locais dessa região, a poluição vai chegar a níveis "muito graves" com concentrações de partículas PM 2,5 (as mais perigosas) até 300 microgramas por metro cúbico (a Organização Mundial de Saúde recomenda um nível máximo de 25).






Consultado a 17 de Janeiro de 2017

Stop Motion : Claymation

Existem diferentes tipos de stop motion e neste post venho falar da técnica de Claymation.

A técnica de stop motion claymation é baseada em bonecos/modelos de plasticina ou barro. Podemos ver esta técnica em diversos filmes de animação e em algumas curtas-metragens.
Esta técnica pode ser encontrada na saga de filmes de Nick Park que tem como personagens principais Wallace e Gromit. 

Alguns exemplos de claymation:






Texto da minha autoria com recurso a apontamentos das aulas e a vídeos do youtube.


Google lança no Canadá o RCS, a próxima geração do SMS




Em novembro deste ano, o Google anunciou os seus planos para lançar o RCS, uma atualização de próxima geração para o SMS e também uma alternativa ao iMessage para os usuários Android. Na época, o Google disse que planejava lançar o RCS para seus parceiros de operadoras nos próximos meses. Em pouco mais de um mês desde o anúncio original, uma grande novidade: Rogers Communications no Canadá. Esta será a primeira operadora canadense a apoiar o perfil universal, observou o Google.

O RCS, como tecnologia, está no mercado desde 2007 e lançado em 49 operadoras em todo o mundo, de acordo com a GSMA. No entanto, a Sprint foi a primeira a lançar com o novo perfil do RCS – os outros tinham usado iterações mais antigas como padrão.

Uma vez ativado, esse novo perfil do RCS permite que os usuários do Android tenham uma experiência aprimorada de mensagens, como grupos de bate-papo com recursos aprimorados, onde você pode nomear o grupo, adicionar membros ou sair do grupo; além de receber confirmações de leitura e digitação. Os usuários do RCS também podem compartilhar imagens e vídeos 100x maiores do que com MMS.

Semelhante ao lançamento do Google do RCS em dispositivos Sprint, os clientes da Rogers também podem optar por atualizar seus telefones para aproveitar a nova experiência de mensagens. Os clientes já podem fazer o download do app na Play Store.







Fonte do texto: http://imasters.com.br/noticia/google-lanca-no-canada-o-rcs-proxima-geracao-do-sms/
Fonte da imagem: https://googleblog.blogspot.pt/2014/05/getting-to-work-on-diversity-at-google.html

Oracle promete Java 8 para este ano


2017 começou por ser um “feliz ano novo” para os desenvolvedores Java. A nova versão da linguagem (Java EE 8) deve ser lançada já nos primeiros meses do ano.

Já se vão mais de duas décadas desde o lançamento de Java, que tem sido a linguagem favorita para desenvolvimento, de acordo com o índice Tiobe, especialmente por causa da sua filosofia “Write Once, Run Anywhere” (WORA – Escreva uma vez, rode em qualquer lugar).

A Oracle fez um anúncio formal do lançamento de Java EE 8 em 2014, durante o JavaOne, com todo o roadmap e a expectativa de lançamento para o JavaOne 2016. O atraso foi indicado já em 2015, com previsão para o primeiro semestre de 2017.

A expectativa da comunidade é que com o lançamento da nova versão, Java solidificará sua presença, apesar dos fortes rivais e das rápidas mudanças nas tecnologias.


Fonte do texto: http://imasters.com.br/noticia/oracle-promete-java-8-para-este-ano/
Fonte da imagem: http://ubuntuhandbook.org/index.php/2015/01/install-openjdk-8-ubuntu-14-04-12-04-lts/

Lego quer ensinar programação às crianças




A dinamarquesa Lego apresentou, na CES 2017, um novo brinquedo chamado de Lego Boost, um conjunto de peças que une as características do clássico Lego com novas experiências de programação por meio de um aplicativo. Direcionado para crianças a partir de 7 anos, deve chegar às lojas no segundo semestre do ano.

O Lego Boost tem como objetivo ensinar princípio de programação para crianças. O brinquedo vem com um aplicativo e instruções para construção e comandos de programação que permitem que as crianças criem até cinco objetos diferentes, incluindo um robô.


O Lego Boost estará disponível no mercado a partir do segundo semestre de 2017 e custará 160 dólares.



Fonte do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=5DRhrxHTRfg&feature=youtu.be
Fonte do texto: http://imasters.com.br/noticia/lego-quer-ensinar-programacao-as-criancas/

Actions Per Minute

 Actions Per Minute (APM) é básicamente as ações por minuto que uma pessoa faz, neste caso um "input" no teclado ou seja o uso de um caracter conta como uma ação, normalmente testa se os "APM's" duma pessoa com sites como http://play.typeracer.com/ que o objetivo é escrever o mais rapido possivel uma frase ou com outros jogos como o Starcraft que requer uma utilização do teclado bastante elevada.
  O termo Actions Per Minute começou pelo o jogo que referi, que é um jogo de estrategia em que cada botão do teclado faz coisas completamente diferentes como controlar objetos que estejam em pontas opostas no mapa e assim não tem de ir lentamente com o rato efetuar isso porque assim seria demasiado lento e os coreanos têm uma cena competitiva enorme e levam bastante a sério de tal maneira que a média dos APM's dos jogadores profissionais é entre 300 e 400 enquanto uma pessoa normal faz cerca de 50. No racetyper há pessoas que fazem cerca de 160 palavras por minuto enquanto a media é cerca de 30.
  Os APM's mostram a capacidade do nosso cérebro de replicar uma ordem que o nosso cérebro processa por vermos uma palavra e queremos escrevê la ou a ordem de nós sabermos o que queremos e comandas essa mesma ordem.
  Uma pequena demonstração de elevados APM's
https://www.youtube.com/watch?v=YbpCLqryN-Q&_ga=1.96610399.1701854891.1484611141


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Vantagens e desvantagens de monitores CRT

  Os monitores CRT têm bastantes vantagens e desvantagens que vou falar sobre elas.
  Vou começar por apontar a resuloção e contraste, como os CRT's usam raios de eletrões e refleção de espelhos, faz com que a resolução de pixeis seja maior e crie maior contraste porque consegues criar tons bastante pretos e vice versa. As CRT's produzem as melhores escalas de cinzento o que torna a escolha numero 1 entre os profissionais de calibração, as CRT's têm uma escala de cinzentos perfeita de maneira a formar infinitas camas de "levels" (uma opção também dada no photoshop). O tempos de resposta das CRT's é bastante mais rápido que qualquer outro monitor, daí ser escolhida para competições e testes de reação, a diferença ainda consegues de ser entre 6 a 18 frames sendo a média por volta dos 12 frames o que é bastante quando aquilo que estamos a querer testar são milésimas de segundo.
  As desvantagens principais são logo o peso, e a interface, como são bastante compridas faz com que sejam pesadas e feias, não dão jeito nenhum para ter em casa porque ocupam imenso espaço e consomem imensa energia. Tem problemas geometricos com a regulação do monitor e pode afetar os campos magneticos de outros dispositivos incluindo a propria CRT. O brilho da imagem é bastante mau a comparar com LCD e LED's.

Web hosting

Web hosting é um serviço de disponibilização de um Website na Internet, permitindo a indivíduos e organizações tornarem o seu site acessível via World Wide Web.  


Este tipo de serviço é geralmente oferecido por empresas especializadas (Web hosts), que fornecem espaço num servidor web para o uso dos clientes, bem como conectividade à Internet.



Segue-se uma lista de alguns dos melhores sites de web hosting gratuitos:


Cathode Ray Tube

  CRT (cathode ray tube) é um tubo de vácuo que contem uma ou mais feixo de eletrões e ecrã fosforescente, é usado para passar imagens. Isto serve para modular, acelarar e refletir raios eletrões no ecrã e cria imagens. Essas imagens são a representação fisica da forma das ondas elétricas(osciloscopios), imagens (televisão), alvos no radar etc...
  Também se usa CRT em dispositivos de memória, pois os dispositivos customam ter luz para representar se estão ligados ou não.
  Este processo usa vidro evacuado o que é largo e fundo, o que faz ser pesado e relativamente fragile, o ecrã é tipicamente feito de vidro bastante denso para ter uma maior resistencia e para bloquear as emissões de raioX particularmente se a CRT for usada em produtos comerciais. Nos finais dos anos 2000 começou a desaparecer devido á aparência das novas tecnologias com LCS e plasma, consumem menos energia e têm menos custos de energia.



Protocolo HTTP

HTTP (HyperText Transfer Protocol) ou Protocolo de Transferência de Hipertexto é um protocolo de comunicação entre sistemas de informação que permite a transferência de dados entre redes de computadores, principalmente na World Wide Web.

Este protocolo é utilizado para transferência de páginas HTML do computador para a Internet, de modo que os endereços dos websites (URL) utilizam no início a expressão "http://", definindo o protocolo usado. Esta informação é necessária para estabelecer a comunicação entre o URL e o servidor Web que armazena os dados, enviando então a página HTML solicitada pelo usuário.

Para que a transferência de dados na Internet seja realizada, o protocolo HTTP necessita estar associado a outros dois protocolos de rede: TCP (Transmission Control Protocol) e IP (Internet Protocol). Estes dois últimos protocolos formam o modelo TCP/IP, necessário para a conexão entre computadores clientes-servidores.



Protocolo FTP

FTP ( File Transfer Protocol ) é, como o nome indica, um protocolo de transferência de arquivos. 

Dada a sua rapidez e segurança, é o método mais usado para a transferência de todo o tipo de ficheiros na Internet, seja para a criação de um website, seja para a entrega ficheiros a pessoas que estão a milhares de quilómetros em poucos minutos. 

A transmissão em si é feita através do computador do utilizador para um espaço online pré-definido. O utilizador usa um cliente FTP (software específico) ou então o próprio explorador do Windows, já com o servidor FTP definido com as definições necessárias. Seguidamente,  os ficheiros selecionados são transferidos, ficando acessíveis através do servidor FTP em qualquer parte.



Stop Motion

Um exemplo de um pequeno vídeo feito em stop motion:


«Shaun the Sheep Movie» (A Ovelha Choné) »



Shaun the Sheep movie, é uma das criações mais bem sucedidas dos estúdios da Aardman, especializado em animações stop-motion. Personagem essa que beneficia de uma das vertentes cómicas mais apreciadas e universalmente mimetizadas, o apelidado slapstick, o humor físico e desastroso, quase comparado com um Chaplin ou um Buster Keaton da animação.


Porém, o seu desafio não é o de desmistificar mitos, mas outro. Será que a personagem resiste a um formato de longa-metragem? A resposta encontra-se num dos êxitos da Aardman, Wallace & Gromit. Os astros do referido estúdio deram o seu salto da curta para longa-metragem em 2005, sem que se evidenciasse tendências de prolongação episódica (a compensação veio depois com o Óscar de Melhor Filme de Animação).


Já o stop-motion é apresentado sem qualquer falha técnica, de forma dinâmica e visualmente cativante para a narrativa, sem com isto perder a essência original. Claro, as personagens são divertidíssimas e as peripécias em que a Ovelha Choné se encontra constantemente envolvida são deliciosamente acompanhadas por um humor afinado e, de certa forma, imprevisível. Mais do que um mero produto da categoria de animação, A Ovelha Choné é uma comédia imparável, astuta e bem conseguida.


Site consultado: http://www.c7nema.net/critica/item/43353-shaun-the-sheep-movie-a-ovelha-chone-por-hugo-gomes.html

No dia 16/01/2016

Daemon Tools

DAEMON Tools era originalmente um sucessor do emulador SafeDisc genérico e incorporou todos os seus recursos. O programa afirma ser capaz de derrotar a maioria dos esquemas de proteção contra cópia como SafeDisc e SecuROM. Ele é compatível com Windows XP, Windows Vista, Windows 7 e Windows 8. Windows 8.1 e Windows 10, DAEMON Tools tem um modo especial para o funcionamento adequado de cópias de discos com proteção avançada (SafeDisc, SecuROM e laserlock, CDCOPS, StarForce e Proteger CD), que são usado em alguns discos com jogos.



O formato de arquivo padrão DAEMON Tools é Dados de mídia eXtended (MDX). MDX é um formato de arquivo de imagem de disco semelhante a imagens MDS / MDF. Ele suporta todas as características do formato MDS / MDF, exceto que todos os dados estão em um único arquivo monolítico. Os arquivos desses tipos suportar a extensão de nome de .mdx.

Arquivo MDX contém metadados de mídia original - especificamente os principais parâmetros físicos do disco, como quebras de camada, sessões, faixas e outros. Pode ser descrito como sendo um ficheiro de arquivo contendo todos os dados de um CD / DVD. Ele também suporta a compressão de dados. Arquivo MDX inclui o número "descritor de mídia" mágica no início do arquivo.

Formatos suportados:

  • Mdx
  • Mds
  • Mdf
  • Iso
  • Ccd
  • Isz
  • Cdi
  • B5t
  • B6t
  • Bwt
  • Nrg
  • Vhd
  • Tc
  • Iscsi
  • Vmdk
  • Vdi
  • Zip
  • Cue
Data: 16/01/2017
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/DAEMON_Tools

Bootstrap: o que é?

Bootstrap é um framework front-end que facilita a vida dos desenvolvedores web a criar sites com tecnologia mobile (responsivo) sem ter que digitar uma linha de CSS para “fazer e acontecer”. Não é a toa que o termo “Bootstrap” em inglês significa “inicialização”, algo que possui um ponto de partida..
Além disso, o Bootstrap possui uma diversidade de componentes (plugins) em JavaScript (jQuery) que auxiliam o designer a implementar: tootlip, menu-dropdown, modal, carousel, slideshow, entre outros sem a menor dificuldade, apenas acrescentando algumas configurações no código, sem a necessidade de criar scripts e mais scripts.

Por exemplo, caso o web designer fosse implementar um componente de toottip em seu layout, seria necessário:

encontrar um plugin que tenha esse comportamento;
acrescentar o script ao html;
inicializar o plugin através de script;
por fim, criar uma estrutura baseada no plugin.
Com o Bootstrap, basta apenas inicializar o script e adicionar algumas configurações no código, como:


2
3
4
5
6
<a href="#" title="Título que aparece como tooltip" data-toggle="tooltip">Link com Tooltip</a>
<script>
$(function(){
$('[data-toggle="tooltip"]').tooltip();
})
</script>
O objetivo principal e lógico do Bootstrap é consumir o menor tempo possível no desenvolvimento de um website, seja ele uma página simples estática ou um grande portal dinâmico.

Características
  • Possui uma interface super amigável e moderna;
  • Atualmente possui uma grande diversidade de temas;
  • Grande quantidade de plugins adaptados ou desenvolvidos para o framework;
  • Integração com qualquer linguagem de programação;
  • Sistema responsivo;
  • Um dos frameworks mais utilizados no desenvolvimento de portais e sistemas do mundo;
  • Guia de aplicação;


Testando

Para verificar que o framework está funcionando, digite o código abaixo dentro da tag <body> do seu html e abra em algum navegador.


1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
<nav class="navbar navbar-inverse" role="navigation">
<div class="container">
<p class="navbar-text">Teste Bootstrap</p>
</div>
</nav>
<div class="container">
<div class="row">
<div class="col-xs-12 col-sm-6 col-md-6">
<table class="table table-bordered table-condensed table-striped">
<thead>
<tr>
<th>header</th>
<th>header</th>
<th>header</th>
<th>header</th>
</tr>
</thead>
<tbody>
<tr>
<td>data</td>
<td>data</td>
<td>data</td>
<td>data</td>
</tr>
</tbody>
</table>
</div>
<div class="col-xs-12 col-sm-6 col-md-6">
<form role="form">
<div class="form-group">
<label for="exampleInputEmail1">Email address</label>
<input type="email" class="form-control" id="exampleInputEmail1" placeholder="Enter email">
</div>
<div class="form-group">
<label for="exampleInputPassword1">Password</label>
<input type="password" class="form-control" id="exampleInputPassword1" placeholder="Password">
</div>
<div class="form-group">
<label for="exampleInputFile">File input</label>
<input type="file" id="exampleInputFile">
<p class="help-block">Example block-level help text here.</p>
</div>
<div class="checkbox">
<label>
<input type="checkbox"> Check me out
</label>
</div>
<button type="submit" class="btn btn-default">Submit</button>
</form>
</div>
</div>
</div>

A estrutura acima deve ser aprensetanda igual a imagem abaixo:



Data: 16/01/2017
Fonte: http://www.tutorialwebdesign.com.br/o-que-e-bootstrap/