sábado, 5 de março de 2016

Link mostra o caminho


  • A Google associou-se ao lançamento do jogo The Legend of Zelda: Twilight Princess HD para a Wii U.
  • A homenagem da Google passa por substituir o icónico boneco amarelo dos Maps pelo Link, o herói desta saga
  • Podem ver o trailler do jogo aqui
Saiba mais aqui

link.jpg

Película que aumenta tempo de conservação dos alimentos

O Centro de Engenharia Biológica da Universidade do Minho desenvolveu uma tecnologia eco-eficiente que permite, utilizando materiais comestíveis, criar uma película protetora para aumentar o tempo de conservação dos alimentos. Desta forma, é possível potenciar a exportação de alimentos rapidamente perecíveis, como queijos, frutas, peixe e enchidos, abrindo a possibilidade das empresas do setor levarem os seus produtos a mercados mais longínquos, mantendo-se a qualidade e propriedades nutricionais.

sexta-feira, 4 de março de 2016

Apple prepara revolução para ecrãs dos novos iPhone 7

A quebra de vendas do iPhone à escala global poderá dar origem a uma antecipação na revolução dos ecrãs dos smartphones. Esta revolução centra-se nos ecrãs OLED (Organic Light Emitting Diode).

De acordo com a Nikkei a Apple iniciou negociações com os maiores fabricantes de ecrãs a nível mundial: a LG e a Samsung, em dezembro do passado ano. No âmbito deste diálogo está a aquisição por parte da Apple de ecrãs com tecnologia OLED com vista a poder enquadrá-los no novo iPhone 7.

Entre outras vantagens, estes novos ecrãs OLED, para além de serem mais finos, proporcionarão aos utilizadores uma experiência visual mais rica com cores mais vibrantes em comparação com os atuais ecrãs LED.



Esta atualização é uma das mais aguardadas pelos fãs do iPhone, visto que oferecerá uma melhoria significativa na qualidade de imagem e poderá fazer com que este se torne ainda mais fino.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Transferir dinheiro com o facebook

Esta nova funcionalidade permite transferir dinheiro entre utilizadores.
O Facebook tem agora uma nova funcionalidade que permite fazer transferências de dinheiro entre utilizadores. Este serviço está disponível através da aplicação Messenger e não tem qualquer tipo de encargos.
Para realizar transferências basta entrar na conversação e clicar no ícone “$”, digitar o valor e número do cartão de débito e realizar o pagamento. Depois disso, o destinatário recebe uma mensagem a pedir o número de cartão de débito para assim concluir a transferência. Depois de introduzidos uma vez os dados não será preciso voltar a fazê-lo.
As transações entre diferentes entidades bancárias podem demorar mais de 3 dias úteis e serão apenas aceites contas de débito.
Esta funcionalidade será lançada dentro de pouco tempo nos Estados Unidos da América e estará disponível através do site e para apps Android e iOS.
Para mais informações clica aqui.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Vodafone está à procura de jovens talentos

A Vodafone procura novos talentos para a nova edição do Discover Vodafone Graduates – recrutamento para os jovens talentos passarem 24 meses na empresa britânica.

A procura passa por várias áreas de formação, entre elas: marketing, gestão, engenharia e economia. Os jovens escolhidos passarão a ser integrados num programa que já existe desde 2009, podendo no futuro integrar-se em posições efetivas na própria operadora.

Os jovens que entrarem neste programa passaram por três áreas de negócio distintas, onde duas delas são escolhidas de acordo com o perfil académico e o terceiro negócio será um projeto de contacto entre a operadora e o cliente.

As candidaturas estão abertas e podem participar jovens que já tenham concluído o mestrado ou estejam a terminar.


Google adiciona secção de Realidade Virtual à sua loja

A Realidade Virtual tem vindo a regressar aos grandes destaques nos tempos mais recentes, tal como aconteceu no arranque dos Anos 90.

A sofisticação e atualização dos produtos da atualidade tornaram esta vertente tecnológica mais atraente já que os dispositivos são bastante mais atraentes e com resultados mais visíveis. Atendendo a este fenómeno e tendência de mercado a Google está a impulsionar a venda dos seus famosos óculos de cartão ‘Cardboard VR’ com uma promoção destacada na Google Store. Para venda nesta ‘superfície’ comercial virtual estão também a reformulada e atualizada View-Master e os óculos C1-Glass VR.

A página da Google Store inclui informação básica sobre o Cardboard e inclui links para alguns óculos à venda. A versão mais básica dos óculos que a Google lançou está à venda por 15 dólares quando adquiridos apenas um par, no caso de se pretender adquirirem dois pares o preço é de apenas 25 dólares, ainda assim algo caro pensamos

E assim se dá mais um passo em direção ao futuro, com o mercado da realidade virtual que ultimamente tem andado ao "rubro" e uma empresa de nome internacional.


Aston Martin DB11: o carro dos agentes secretos...

A ligação entre o agente secreto James Bond e a Aston Martin confunde-se com a histórias. A ligação entre 007 e os carros da marca fundada por David Brown iniciou-se em 1964 com o modelo DB5 que Bond utilizou no filme Goldfinger. 51 anos depois a ligação entre ambos se mantém e continua a dar bons frutos ao marketing da marca britânica de automóveis.



As performances atingidas pelo novo GT da Aston Martin falam também por si: 0-100 km/h em 3,9 segundos (nada de surpreendente entre a concorrência, mas incrível para um automóvel com a elegância que sempre caracterizou os carros da marca).
As primeiras entregas irão acontecer no último trimestre do ano e os preços ultrapassam os 200 mil euros. No interior o DB11 passou a estar equipado com os sistemas mais sofisticados. O painel de instrumentos é um ecrã de LCD com 12 polegadas e ao centro assinala-se a presença de um ecrã com 8 polegadas a partir do qual se comandam os principais sistemas do automóvel. O desenvolvimento deste sistema foi efetuado em conjunto com a Daimler, responsável também pela Mercedes-Benz. A Aston Martin revelou agora o modelo DB11, que tem motor V12 Turbo com 5,2 litros de cilindrada, do qual são extraídos 600 cv. Este é o modelo mais potente da marca britânica até ao momento.

Tendo toda esta tecnologia emconta, é justo dizer que nunca foi tão barato ser um agente secreto, ou até mesmo o 007 James Bond! Isto depois do carro estrelado no último filme da saga ser leiloado por vários milhões de euros...

Kiddle: o motor de pesquisa seguro para crianças com tecnologia Google

O Kiddle é um novo motor de busca na Internet seguro para utilização por crianças. A escalada constante das preocupações da segurança online dos mais pequenos foi a condição que serviu de base à conceção deste novo motor de busca.

A pesquisa por termos inofensivos como ‘comida’, ‘grande’ ou ‘Pikachu’ podem retornar resultados assustadores para menores. A tentativa dos motores de busca de filtrar estes resultados com catalizadores para navegação segura é facilmente contornável com apenas dois ou três cliques. Perante este paradigma surgiu o Kiddle, capaz de combinar o filtro de navegação segura da Google com palavras chave editadas e listas negras de sites e domínios, Basicamente o Kiddle bloqueia certas pesquisas de palavras e frases e apresenta resultados que tenham sido assinalados como inofensivos.

No caso de se tentar aceder a conteúdo bloqueado apenas recebemos uma mensagem de erro. Após meia dúzia de pesquisas verificamos que o Kiddle bloqueia muito além de conteúdo ofensivo bastanto a cadeia de pesquisa apresentar uma palavra assinalada como ofensiva na lista.
Apesar de se encontrar numa boa direção, o Kiddle aparenta ter ainda um longo caminho a percorrer até se afirmar como a mais válida solução no mercado neste campo.


Chuveiro que reutiliza a água

"I felt guilty about taking long showers," disse Jason Selvarajan quando teve a ideia de criar um chuveiro que reutiliza a água, com a participação da fundação Autodesk-The Showerloop!
Showerloop reutiliza a água do teu banho e purifica-a através de filtros específicos.
Mas não te preocupes, o showerloop limpa a água primeiro. Na verdade, não precisas de te preocupar com nada: apenas relaxa no banho durante todo o dia.
As várias etapas diferentes para limpar a água incluem: uma tela e um filtro de microfibra para remover os cabelos e objetos maiores como areia ou partículas, remove odores e produtos químicos da água e tem luz ultravioleta para matar as bactérias.
Como a água já está quente, inicialmente, leva menos energia para mante-lo quente.
O projeto está disponível em open source, para que outras pessoas possam reconstrui-lo e ajudar a melhorá-lo.

<p>The design uses a microfiber filter, sand, activated carbon, and ultraviolet light to filter the water.</p>

Apple derrota governo dos EUA em processo sobre desbloqueio de iPhone


Um juíz do Brooklyn decidiu a favor da Apple e contra o Departamento de Justiça dos Estados Unidos em um caso que pode ser mais importante do que parece. A empresa teve a causa ganha graças ao veredito do juiz James Orenstein, que decidiu que a Apple não era obrigada a ajudar no desbloqueio de um iPhone pertencente a um traficante de drogas detido.
Esse resultado pode ser importante para o caso de maior relevância: o pedido do FBI para que a Apple desbloqueie o iPhone de um dos terroristas responsáveis por um tiroteio em San Bernardino. O veredito no Brooklyn é uma evidência legal forte para que a empresa não seja obrigada a violar a privacidade de seus consumidores — aliás, esse é o principal argumento da Maçã.

O perigo mora aí

No caso do traficante, as autoridades ficaram com medo de perder eventuais pistas no telefone depois de tentarem adivinhar o código de segurança diversas vezes. Por isso, procuraram o tribunal para tentar o auxílio da Apple.
Publicidade
A vitória da empresa foi importante para a defesa da marca: o medo dela é de que, se ajudasse no caso do FBI, por mais importante e trágico que seja, todas as outras ordens de desbloqueio teriam que ser aprovadas, resultando em um problema grave de privacidade aos seus clientes. Além disso, a prática seria banalizada e poderia ser utilizada para meios não tão benéficos.

terça-feira, 1 de março de 2016

Videoconferências para o WhatsApp no Android

A empresa Rounds, responsável pelo lançamento do app Booyah para o iOS, agora anunciou a chegada do serviço também ao Android. A ferramenta permite a você fazer algo pelo WhatsApp que o próprio mensageiro não possibilita: conferências em vídeo.
O aplicativo funciona com poucos toques na tela e tem a vantagem de a tecnologia ser cross-platform — ou seja, usuários com o Booyah e o WhatsApp para Android podem conversar sem problemas entre si ou com amigos do iOS.
Como a ideia é facilitar o processo, o Booyah não pede login, registro, fila de espera ou qualquer atividade adicional do usuário. Se você não tiver o WhatsApp instalado, pode conectá-lo com outras plataformas, como Facebook Messenger, Instagram, Snapchat e mais.
Publicidade
As conversas podem ser feitas individualmente ou com grupos inteiros do WhatsApp de até 12 pessoas. A tecnologia por trás do Booyah é uma API proprietária da Rounds que apresenta a função com um design simples e intuitivo, além de seguro. O app não coleta informações pessoais dos envolvidos nas chamadas.


Robô vítima de bullying

Boston Dynamics, empresa da Google, acaba de publicar um vídeo a apresentar o robô Atlas da próxima geração. Num passeio pela floresta coberta por neve e gelo, ele mostra que consegue recuperar o equilíbrio quando escorrega e que se consegue desviar de obstáculos.
Já a segunda parte da demonstração deixou qualquer pessoa que assistiu a filmes como “Inteligência Artificial” ou “Eu, Robô” com um leve gosto amargo na boca. Enquanto Atlas tenta levantar caixas de papelão com cerca de 5kg, um dos engenheiros derruba a caixa repetidamente, e empurra-a para longe dele. Depois dá um belo empurrão nas costas de Atlas, que cai de cara no chão. Tudo isso para demonstrar como o robô consegue refazer os cálculos e se recuperar rapidamente, claro.
Clica para ver:

Internet no oceano?

BLUECOM+ é um projeto mundial  que une portugueses e noruegueses com o objetivo de permitir acesso a Wi-Fi em zonas remotas do oceano.
Baseia-se na utilização de balões de hélio ancorados, que podem estar em embarcações, bóias ou até em parque eólicos,para criar uma rede de banda larga que apoie as pescas e os transportes marítimos.
Este projeto termina em Dezembro de 2016 e os responsáveis querem criar um protótipo que possa ser testado ainda este verão.

Mais informação aqui.



Austrália usa drones para vigiar tubarões

Com o objetivo de vigiar tubarões e assistir nadadores ameaçados pelo ataque deste poderoso predador dos mares, as autoridades de salvamento australianas lançaram, esta semana, drones como parte de um projeto piloto de patrulha da orla costeira do estado australiano de Nova Gales do Sul (NSW).

Estes drones possuem uma câmara que envia imagens para vários computadores em terra. Em caso de emergência, ou seja, no caso de ser necessário socorro de um ataque, os drones estão equipados com pequenas bóias que podem ser lançadas à água assim como material médico, repelente de tubarões e uma balsa salva vidas que pode transportar até três pessoas.


Drones vigião tubarões

Visto que um simples ataque de tubarões pode, eventualmente, ser mortal, é muito importante desenvolver tecnologias que ajudem na prevenção de futuros ataques de tubarões.

MB Way já permite fazer compras online

  • O MB Net e o MB Way eram e continuam a ser serviços distintos. O MB Net cria cartões virtuais de tempo limitado para fazer compras na Internet, fazendo a “ponte” com cartões de débito ou crédito do utilizador. Por outras palavras, o MB Net permite fazer compras online sem o risco de o número do cartão ser intercetado por desconhecidos.

Saiba mais aqui

660x371_11f59b9e72027299c66f0de7607d6a9a.jpg

Estado Islâmico ameaça donos do Facebook e do Twitter

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o presidente executivo do Twitter, Jack Dorsey, foram ameaçados num vídeo de propaganda publicado por hackers com ligações ao autodesignado Estado Islâmico (EI). No vídeo de 25 minutos a imagem de ambos é trespassada por balas e envolta em chamas.

O vídeo foi descoberto por analistas da Vocativ na “deep web" – parte da internet a que não é possível aceder através dos motores de busca padrão – e surge na sequência da tentativa do Facebook e do Twitter de acabarem com actividades terroristas nas suas plataformas.

Sabe mais aqui

Panasonic reforça aposta em televisores 4K


  • Câmaras fotográficas, lentes, sistemas de som, máquinas de lavar, micro-ondas. Na Panasonic Convention há de tudo um pouco, mas as televisões continuam a ser as grandes estrelas.
  • Para mostrar que é uma das marcas melhor colocadas para triunfar no mercado da Internet das Coisas, a Panasonic apresentou novidades para variadíssimos segmentos.
Saiba mais aqui

HoloLens: são conhecidas as primeiras apps e jogos


  • A Microsoft revelou quais são as sete apps e jogos que vão estar à disposição dos programadores que receberem os HoloLens a partir do dia 30 de março. 
  • A app mais reconhecida será a HoloStudio, que combina gestos, voz e a possibilidade de criar objetos em 3D, desenvolvida para mostrar o potencial do HoloLens aos developers. 
  • Outra app disponível será a HoloTour que permite reproduzir vistas de 360 graus de locais icónicos como Roma e Machu Picchu, de forma bastante imersiva.

veja o resto da notícia aqui

hololens.jpg

Óculos de realidade virtual nos Happy Meal


A McDonalds vai passar a disponibilizar os populares Happy Meal numa caixa que pode ser convertida em óculos de realidade virtual, ao estilo Google Cardboard.

O teste piloto vai decorrer durante duas semanas em março apenas em 14 restaurantes na Suécia. A oferta está limitada a apenas 3500 unidades, o que vai tornar os óculos Happy Goggles um produto apetecível também para colecionadores.

Sabe mais aqui

happy.jpg

As apps que nos levam a jantar fora

Serviço e rede social, as plataformas de reservas e partilha de informações sobre restaurantes encontram em Portugal um terreno ideal. Os portugueses procuram, opinam, reservam e fazem crescer um negócio que tem na Zomato e no TheFork os principais protagonistas.





Saiba Mais

Pessoas fazem o trabalho de robôs em fábrica da Mercedes

Quando as opções são muitas, os robôs não dão conta do recado. Foi por isso que, contrariando o que acontece em praticamente todas as indústrias, e especialmente na de automóveis, a Mercedes tomou uma opção invulgar, ao decidir substituir algumas máquinas por trabalhadores humanos numa das suas fábricas.







Saiba Mais

Realidade Virtual pela Coca-Cola

Realidade Virtual



A Realidade Virtual é uma das tecnologias que passará a estar presente nos mais diversos equipamentos. Ao contrário da realidade aumentada, a realidade virtual cria um novo mundo virtual, interativo e reactivo e até já Mark Zuckerberg revelou que o Facebook vai apostar forte nesta tecnologia.
A Coca-Cola segue também já as tendências tecnológicas e criou uma embalagem que pode ser transformada em óculos para Realidade Virtual. Estes óculos são compatíveis com a maioria dos tamanhos de smartphones até porque é possível montar três modelos de óculos com a mesma embalagem.
Por agora esta embalagem apenas será comercializada nos Estados Unidos e não há qualquer informação se esta embalagem chegará à Europa.

Tomadas, interruptores e lâmpadas inteligentes

A TP-LINK, fornecedora global de produtos de consumo e de rede SMB, apresentou três novas linhas de produtos inteligentes que ajudam o consumidor a gerir e a monitorizar de uma forma simplificada a sua casa.

A HS110 é uma tomada inteligente Wi-fi que permite aos utilizadores controlarem remotamente os seus equipamentos. Extremamente simples de configurar, a HS110 possibilita o controlo remoto de todo o tipo de equipamentos a ela ligados, a partir de qualquer local com acesso à Internet. Pode também ser programada para ligar/desligar equipamentos a uma determinada hora, como as luzes exteriores à meia-noite, os aquecedores uma hora antes de chegar a casa, ou o sistema de vigilância quando sair.
O modelo HS110 oferece ainda um sistema de monitorização energética que analisa o consumo de energia de um equipamento em tempo real, e revela o histórico de consumo energético desse mesmo dispositivo.

A empresa apresentou também um novo interruptor de parede, o HS200, que permite o acesso, o controlo e a monitorização permanente de todos os equipamentos eléctricos instalados, como por exemplo sistemas de luzes, unidades de ar condicionado, entre outros.
O HS110 (tomada) e o HS200 (interruptor) podem ser controlados através de um smartphone ou tablet com recurso à aplicação gratuita Kasa que está disponível para os sistemas operativos Android ( 4.1 e superior ) ou iOS ( iOS 8 e superior).


A empresa acrescentou ainda ao seu portefólio de produtos duas novas lâmpadas LED inteligentes: a LB120 e a LB130. A primeira oferece 800 lumens (um valor equivalente a uma lâmpada de 60W), e iluminação omnidirecional. Dispõe ainda de uma função de iluminação com ritmo circadiano que ajusta automaticamente as características da luz ao longo do dia, simulando a luz natural.

O segundo modelo, LB130, oferece todas as funcionalidades do anterior, acrescentando apenas o ajuste de cores RGB. Através da aplicação móvel Kasa esta lâmpada pode ser controlada via acesso remoto, permitindo programar a sua activação e efectuar ajustes de cor, com opção entre uma iluminação branca mais fresca e mais quente.

Brevemente, os novos produtos da TP-Link vão estar comercialmente disponíveis no nosso país.

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Antigas cabines telefónicas já dão acesso gratuito à Internet em Nova Iorque

Em Nova Iorque, algumas antigas cabines telefónicas foram equipadas com hotspots que fornecem Internet grátis a qualquer utilizador que esteja num raio de 45 metros em torno de cada quiosque. No entanto esta não foi a única alteração que estas cabines sofreram, pois dentro de cada quiosque encontram-se um tablet com acesso à internet, um telefone que permite fazer chamadas gratuitas para qualquer local dentro dos Estados Unidos, duas portas de carregamento para ligações USB e um botão vermelho que permite ligar para o serviço de emergência (911).

Apesar de, atualmente, contar com apenas 15 cabines convertidas em centros de internet, a cidade pretende criar a maior rede Wi-Fi municipal do mundo, disponibilizada de forma gratuita.

tek cabines

Esta noticia será, certamente, bem recebida pela maioria dos habitantes de Nova Iorque, e não só... O que acham desta inovação? Seria útil para dar uma nova cara às cabines telefónicas em Portugal?

A tecnologia também o ajuda a ficar em forma





Hoje em dia é possível dizer que há tecnologia para quase tudo, não só para coisas relacionadas com Internet e multimédia mas também com a saúde e bem-estar. Neste último caso, se a tecnologia for bem escolhida, pode ser muito útil até para a prática de exercício e para nos tornarmos mais saudáveis.
Felizmente a prática regular de desporto é cada vez mais popular e alguns gadgets são mesmo um grande incentivo.

Exemplo disso são os smartwatches que são capazes de monitorizar todo o treino, como por exemplo o Apple Watch Sport que o fáz na perfeição e com toda a classe (sendo necessário possuir um iPhone través do qual pode verificar todas as notificações, ver e responder a mensagens ou e-mails, gerir chamadas e até gerir a agenda). É também capaz de contar os passos e saber a distância que percorreu, observando sempre a evolução da pulsação cardíaca. Mais tarde pode ver todo o histórico e perceber a evolução do seu treino nos diferentes tipos de exercício.

tech_fitness



Durante a prática de desporto, ouvir música também contribui para a abstracção, mas os auscultadores precisam de ser adequados a essa prática. Uma opção boa e barata é o Headset Goodis Runner, com um design adequado e com protecção contra a água e o suor.
É compatível com qualquer dispositivo com ligação jack 3,5 mm e inclui microfone, que pode ser utilizado tal como o de um auricular. Possui capas de silicone in-ear, que se adequam à sua medida, e permite controlar o volume da reprodução de música ou chamadas.
goodis_runner_headset


O QUE TORNA ANDORRA UM PAÍS TÃO PROCURADO?

É o único país com o catalão como língua oficial, tem uma das esperanças médias de vida mais elevadas do mundo (82,7 anos) e a capital, Andorra-La Vella, é a mais elevada da Europa (1023 metros de altitude). São vários os aspetos que tornam Andorra um país único, mas nenhum tão curioso como o sistema de governo: é um principado mas não tem família real. Tem dois chefes de governo, ou copríncipes, ambos por inerência de funções: o presidente da República francês e o bispo de Urgell (Espanha). Apesar de não ser Estado membro da UE, integra a zona euro e emite as suas próprias moedas. Diz a lenda que Andorra foi fundada por Carlos Magno, em 805.
As fronteiras foram definidas em 1278 e teve durante séculos uma economia modesta, até ao boom do turismo no pós-Segunda Guerra Mundial e melhoramento da rede viária. Hoje, 75% da riqueza nacional vem do turismo, com cerca de dez milhões de visitantes anuais, número notável para um país de 73 mil habitantes. A fórmula: neve no inverno, desportos de aventura no verão e compras durante todo o ano. Para quê ser grande?
                                  
                                  

Máquinas que leem ficção para conhecer melhor os humanos

A equipa de investigadores considera que há padrões previsíveis nas reações humanas quando as pessoas são expostas a determinados estímulos e em condições semelhantes. «As personagens na ficção acendem a luz quando entram em salas; coram quando são elogiadas e não atendem o telemóvel quando estão em reuniões», explicam os investigadores. A base de conhecimentos chamada Augur obteve acesso à comunidade online Wattpad e ao arquivo de mais de 600 mil histórias, explica o Engadget.

Sabe mais aqui

iusers_0_15_matrix-codigo-programacao-0dbd.jpg

Brain: "Google" futurista

tek brain



O Brain pretende ser um complemento do cérebro [brain] das pessoas e para isso vai apoiar-se num sistema de informação contextual. O algoritmo desenvolvido pela startup dá ao utilizador a informação contextual e mais relevante em diferentes momentos.

Para provar o conceito, a tecnologia da Brain já tem respondido às questões de alguns utilizadores na rede social Quora, onde é feita uma partilha de informação que tem por base a experiência pessoal de cada utilizador.

No futuro o objetivo da empresa passa por criar um assistente virtual diferente para cada indivíduo e que tenha o utilizador em consideração em diferentes tempos: quem é e o que faz, quem será e o que vai fazer no futuro.

Depois através do poder da analítica e das interações sociais, a Brain pretende encontrar padrões entre utilizadores com objetivos semelhantes para que possa criar sugestões de maior precisão.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Entrevista a Carlota Borba

Na passada sexta-feira, dia 26 de Fevereiro, acompanhei a Francisca na sua entrevista à artista Carlota Borba, uma artista que desenha bastante os animais e que se afasta do realismo, e concretiza as suas obras por formas e não pelas linhas de contorno.

Animais robóticos ajudam a apanhar caçadores ilegais


  • Os animais taxidermizados e robotizados são colocados em zonas onde a caça é ilegal para servirem de “agentes infiltrados”. A missão é ajudar a identificar e apanhar caçadores furtivos nos EUA. 
  • De acordo com o Washington Post, as autoridades compram veados, raposas e ursos taxidermizados e usam-nos para atrair os criminosos.
veja a notícia aqui

robotic.jpg

Google disponibiliza tradução de mais 13 línguas



A Google anunciou que vai acrescentar 13 novas línguas ao serviço de tradução automático Google Translate, o que aumenta para 103 os idiomas disponíveis.

"Oferecemos 103 línguas, que cobrem cerca de 99% da população em linha", referiu a Google.

A empresa com sede em Mountain View, na Califórnia, lançou o serviço Google Translate em 2006 com traduções entre inglês e árabe, o chinês e o russo.

O Google indicou que as 13 novas línguas que acrescentou incluem o amárico, que se falava no norte e centro da Etiópia, o corso, um conjunto de dialetos toscanos que se falam na Córsega, o gaélico escocês, o havaiano e o curdo.

A empresa explicou que para acrescentar uma nova língua é necessário, além do critério básico de ser considerado uma língua escrita, uma quantidade significativa de traduções disponíveis na Internet.

O trabalho de tradução é feito pelo seu sistema de inteligência artificial, que, com base naquelas traduções disponíveis, identifica padrões e aprende a língua em questão.

Mais informação

Desenvolvida aplicação que deteta emoções



Foi desenvolvida uma aplicação que deteta emoções e sugere planos de lazer, através do recurso à inteligência artificial.

Emotion_recognition03Esta app consegue ler o rosto e detectar se estamos felizes, com medo, tristes, entre muitas outras emoções reconhecidas. Depois, dependendo do reconhecimento que faz, sugere planos de lazer adequados ao estado espírito: por exemplo, uma pessoa que apresente estar stressada poderá ser convidada pela app para ir a um SPA em Barcelona –  “Estás tão stressado/a, precisa de esquecer o mundo por uns momentos no mais relaxante SPA em Barcelona” ou se tiver feliz – “Estás tão contente que podes divertir-te na vida noturna de Barcelona”.

A aprendizagem por parte da app é automática e é a base da aplicação, conseguindo identificar em tempo real as emoções através das expressões faciais.

O CEO da Bismart explicou que “a partir de uma fotografia que o dispositivo fará em tempo real, a máquina realizará um reconhecimento facial e detectará as emoções e idade e oferecerá recomendações inteligentes para desfrutar da melhor experiência na cidade”.

Mais informação

Robôs vão substituir profissionais com salários mais baixos

Se em algumas indústrias ou sectores os robôs são incapazes de substituir os humanos, recorde-se o caso da Mercedes, há outros em que nesta Era será inevitável esta substituição.

Mas quem serão os mais afectados?

pplware_robo_desemprego01

Um recente relatório económico publicado pela Casa Branca refere que são os trabalhadores com salários mais baixos.

As preocupações com os trabalhadores são fundamentadas: o governo dos Estados Unidos alerta para o risco de que pessoas que ganham menos de 20 dólares por hora poderem ser substituídos por robôs.

Mais informação

Jogo de realidade virtual ajuda vítimas de AVC a recuperar


Pode um jogo de realidade virtual ajudar à reabilitação de vítimas de acidente vascular cerebral ? Um laboratório em Barcelona criou uma técnica inovadora para treinar o cérebro.

Gloria sofreu um AVC após ter dado à luz o seu segundo filho. Ficou quase totalmente paralisada. O programa de reabilitação que fez nos meses que se seguiram incluiu um recurso inovador: Gloria teve de se exercitar num jogo de realidade virtual. “De forma subconsciente, consegui passar a fazer movimentos mais amplos com os braços”, conta-nos. Trata-se de uma nova abordagem no tratamento deste tipo de casos.

Noticia completa aqui

Como a ESA pretende construir uma aldeia na Lua


Em 1959, os russos conseguiram aterrar uma nave não tripulada na Lua; dez anos mais tarde, os americanos passearam na sua superfície. Hoje em dia, o plano é ficar. “O meu objetivo é construir uma base permanente na Lua. Uma estrutura aberta à participação de diferentes países”, declara Jan Wörner, diretor geral da ESA. A ideia é criar um projeto global à semelhança da Estação Espacial Internacional.
O Centro Europeu de Astronautas em Colónia organizou um workshop precisamente sobre como erguer uma espécie de pequena aldeia sobre a superfície lunar. A presença de certos metais, minerais e de água gelada pode representar um contributo valioso. Segundo Bernard Foing, diretor do Grupo Internacional de Exploração Lunar, “a Lua tem imensos recursos. Encontrámos gelo nos polos, encontrámos áreas que estão quase constantemente expostas ao Sol. São zonas que nos podem fornecer recursos para utilizarmos na construção ou na manutenção da vida dos astronautas na base lunar.”

Noticia completa aqui

Usa teclado ou rato sem fios? Cuidado, pode estar a ser espiado!

Cada vez são mais usados dispositivos que deixaram de depender de fios para realizarem as suas ligações e para partilharem dados. Esta é uma forma simples mas que pode trazer alguns problemas, como agora se descobriu. A falha está nos teclados e ratos sem fios e que, de forma muito simples, permite que os atacantes controlem estes dispositivos, não deixando ninguém seguro.

Esta nova vulnerabilidade afeta uma vasta lista de dispositivos, de grandes marcas e muitos modelos conhecidos. Afeta os dispositivos que usam ligações sem fios que não assentam em Bluetooth e pode ser explorada até 100 metros de distância. Para o fazer basta uma simples antena, que custa 15 dólares.
O problema está na forma como estes dispositivos comunicam com a dongle que está ligada ao computador, de forma não segura. Para além de poderem ser escutados e interpretados esses comandos, é ainda possível enganar a dongle ao enviar comandos diretamente do atacante.
Ao dar estes comandos, os atacantes podem forçar os computadores a serem controlados remotamente e a carregarem vírus, malware ou outro tipo de infeções, que depois são usados para roubar os dados destes. A falha é independente dos sistemas operativos, o que deixa qualquer um exposto e vulnerável.



Os fabricantes identificados, que incluem a Microsoft, Lenovo, HP, Dell e Logitech, precisam agora de criar novas versões de firmware que corrijam este problema. Há, no entanto, muitos casos de dispositivos que foram feitos de forma a não serem atualizados e que assim vão ficar expostos ao MouseJack.
A Logitech tem já disponível um patch que corrige o problema e que pode ser aplicado na maioria dos seus equipamentos sem fios, tornando-os assim imunes a este problema. Outras marcas, como a Lenovo e a Dell reconheceram o problema dos seus equipamentos e recomendam aos seus clientes a procurarem o apoio técnico da marca.
Esta é mais uma falha que resulta da não aplicação das mais básicas regras de segurança na criação de produtos que comunicam sem fios. Provavelmente muitos equipamentos vão ficar sem uma solução do fabricante e, mesmo os que tenham, nunca a vão ver aplicada.



Estado Islâmico ameaça donos do Facebook e do Twitter

Num vídeo de propaganda intitulado "Chamas dos Apoiantes", Mark Zuckerberg e Jack Dorsey são alvo de ameaças por parte de um grupo de hackers com ligações aos jihadistas. De uma forma alarmande, o autoproclamado estado islâmico tem utilizado as redes sociais para conseguir a propagação dos seus ideias... Tal feito é de certa forma preocupante e uma ameaça para a humanidade.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o presidente executivo do Twitter, Jack Dorsey, foram ameaçados num vídeo de propaganda publicado por hackers com ligações ao autodesignado Estado Islâmico (EI). No vídeo de 25 minutos a imagem de ambos é trespassada por balas e envolta em chamas.

O vídeo foi descoberto por analistas da Vocativ na “deep web" – parte da internet a que não é possível aceder através dos motores de busca padrão – e surge na sequência da tentativa do Facebook e do Twitter de acabarem com atividades terroristas nas suas plataformas. Zuckerberg e Dorsey estiveram entre os presentes numa reunião secreta, realizada em Janeiro, com responsáveis da Casa Branca e com os diretores do FBI e da NSA, onde foram discutidas estratégias para enfrentar o terrorismo online.

No vídeo intitulado “Chamas dos Apoiantes” publicado por um grupo que se autodenomina “exército dos filhos do califado”, o grupo de hackers afirmou que controla mais de 10 mil contas e 150 grupos no Facebook, e mais de 5000 contas no Twitter. “Se fecham uma conta, tomaremos dez em resposta e brevemente os vossos nomes e sites serão apagados e, se Deus quiser, saberão que o que estamos a dizer é verdade”, lê-se durante o vídeo. 

Um porta-voz do Twitter afirmou ao jornal britânico The Guardian que a empresa não vai emitir nenhuma resposta, tendo em conta que estas ameaças já são comuns. “Isto está sempre a acontecer. Bem-vindos ao nosso dia-a-dia”.

O Twitter tem de lidar com o facto de ser um dos meios privilegiados de propaganda para o autodesignado EI. A empresa fechou cerca de 125 mil contas relacionadas com o grupo jihadista. Também o Facebook procura uma resposta para enfrentar a ameaça da propaganda online na sua rede. A diretora de operações da empresa, Sheryl Sandberg, sugeriu que a rede social poderia enfrentar o autodesignado EI através de uma campanha de likes.  

O Estado Islâmico é conhecido por utilizar frequentemente as redes sociais para atrair e radicalizar novos membros, assim como divulgar os seus vídeos de propaganda.

Baseado a notícia publicada no jornal "Público".